SEÇÕES

River-PI bate o time principal do Bahia e vence a primeira na Copa do Nordeste

Por 1 a 0, o Esquadrão, que estava vencendo há cinco jogos, sofreu com o gramado do Albertão, em Teresina (PI).

Por 1 a 0, o Esquadrão, que estava vencendo há cinco jogos, sofreu com o gramado do Albertão, em Teresina (PI) | Maria Vitória / River AC
FACEBOOK WHATSAPP TWITTER TELEGRAM MESSENGER

Na tarde deste sábado (10), o River bateu o principal time do Bahia pela segunda rodada da Copa do Nordeste. Por 1 a 0, o Esquadrão, que estava vencendo há cinco jogos, sofreu com o gramado do Albertão, em Teresina (PI), e aos seis minutos do primeiro tempo, os donos da casa marcaram o gol, com o centroavante Crislan.

O Esquadrão tentou correr atrás do prejuízo e teve chances para mudar a situação, mas parou na trave. A chance de recuperação será na próxima quinta-feira (15), às 20h, contra o América-RN, na Fonte Nova, pela 3ª rodada do torneio regional.

JOGO 

Aos seis minutos, Wesley fez o que quis com o zagueiro David Duarte antes de cruzar na medida para Crislan. O centroavante subiu livre entre Kanu e Gilberto e, de cabeça, mandou para as redes.

Jogo entre River e Bahia aconteceu no Albertão - Foto: Maria Vitória/River AC

Com a ameaça, o Esquadrão mudou a forma de jogar e apostou nos lançamentos e cruzamentos na área. Everton Ribeiro deu belo passe para Everaldo, o centroavante pegou de primeira, mas o goleiro Joanderson defendeu em dois tempos. O atacante Biel também desperdiçou boas oportunidades e arrancou gritos do técnico Rogério Ceni na beira do campo. 

No outro lado, o River quase chegou ao segundo gol. Em cobrança de falta de longe, Iago mandou uma bomba e acertou o travessão de Marcos Felipe.

SEGUNDO TEMPO

Com o apito para o intervalo, Rogério Ceni aproveitou para ajustar o time e voltou com Jean Lucas na vaga de Biel. O Esquadrão seguiu pressionando no campo ofensivo, mas o gol teimava em não sair. 

Em outra grande oportunidade, Jean Lucas recebeu o cruzamento da esquerda e, completamente livre de marcação, furou e não conseguiu anotar o empate.

Aos 18 minutos, o Bahia chegou ao gol em um voleio de Thaciano, mas o árbitro Dênis Serafim marcou falta. Em inúmeras tentativas, a bola sempre ia para fora, como foi o caso de Ju Alagoano.



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos