Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Robinho abre o jogo sobre saída do Real Madrid

Apesar de ter sido cobiçado pelo Barcelona, o atacante deixou claro que não foi uma decisão difícil

Compartilhe

Em meio à pandemia do novo coronavírus, Robinho concedeu, nesta sexta-feira, entrevista ao jornal espanhol Marca e relatou os momentos mais marcantes da sua passagem por Real Madrid, Manchester City e Milan. As informações são da Gazeta Esportiva. 

Apesar de ter sido cobiçado pelo Barcelona, o atacante deixou claro que não foi uma decisão difícil. Segundo ele, os diversos brasileiros no elenco e o técnico Vanderlei Luxemburgo pesaram a favor dos merengues na negociação.

Quando surgiu no Santos, altas eram as expectativas em torno de Robinho.

“Algumas pessoas esperavam que eu ganhasse a Bola de Ouro. Quando Pelé fala sobre você, todo mundo escuta. Então, fizeram comparações, mas não há novo Pelé. Nem agora nem nunca”, comentou.


Foto: DivulgaçãoAlém de Baptista, Robinho também vestia a camisa merengue, junto a Cannavaro, Sneijder, Nistelrooy, entre outros. (Foto: AFP)

Ao lado de craques como Zidane, Ronaldo, Beckham e Roberto Carlos, Robinho foi bicampeão do Espanhol e campeão da Supercopa da Espanha. Mesmo que tenha conquistado títulos de expressão, o jogador acredita que faltou seriedade.

“Não tinha maturidade e capacidade de parar, pensar com uma mente clara e considerar as consequências antes de tomar decisões. Somente idade e experiência te dão isso”, destacou.

Após três temporadas com o Real Madrid, Robinho foi contratado pelo Manchester City. Apesar de ter abraçado o projeto, o brasileiro sonhava em jogar em outra equipe inglesa.

“Meu objetivo era ir para o Chelsea, trabalhar com o Felipão. Ele me disse que eu faria diferença, mas a diretoria do Real ficou irritada porque eles venderam camisas com meu nome antes de a negociação ter sido fechada”, lembrou, acrescentando sobre alguns dos desejos de Sheik Mansour, proprietário do clube.

“Ele disse que ia fazer um ótimo trabalho contratando Kaká e Messi”, revelou.

Sobre sua passagem no Milan, da Itália, Robinho lembrou a parceria com o Zlatan Ibrahimovic.

“Ele costumava dizer que convenceu o Milan: ‘Você está aqui por mim’. Ele é arrogante? Sim, claro que é, mas de um jeito bom. É apenas confiança no próprio talento”, completou.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar