Santor quer ser vice e ganhar mais R$ 3,4 mi e sonhar com Robinho

O Santos quer trazer o atacante Robinho que é desejo do Dorival

O Santos ainda tem um último objetivo antes de encerrar o seu ano. Neste domingo, às 17h (de Brasília), diante do América-MG, na Vila Belmiro, a equipe do técnico Dorival Júnior se despede do Campeonato Brasileiro almejando o vice-campeonato da competição que pode ajudar, até mesmo, para a próxima temporada.

Se conseguir o feito, os santistas alcançam R$ 10,7 milhões de premiação, uma diferença de R$ 3,4 milhões com relação ao 3º lugar, já garantido, que rende R$ 7,3 milhões. As cifras foram anunciadas oficialmente pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), ainda em novembro.

O valor pode servir, principalmente, para a diretoria se aproximar do sonho de trazer o atacante Robinho, desejo público de Dorival. O Santos deve R$ 2 milhões ao jogador.

Apesar do antigo camisa 7 ter declarado que pretende permanecer no Atlético-MG, o clube segue esperançoso em relação ao seu retorno, pois descobriu que a parceria do jogador com a Dry World não deu certo. A empresa de material esportivo pagaria a maior parte do salário do atleta, mas atrasou o pagamento logo no início do ano e, ainda no primeiro semestre, parou de pagar totalmente.

Os mineiros também não escondem que pretendem negociar uma de suas estrelas para aliviar a folha de pagamento.

Robinho
Robinho


Verba também pode valer o zagueiro Cleber

A diferença também pode ser revertida para ajudar a bater o martelo com relação ao zagueiro Cleber, do Hamburgo. O clube alemão pede 3 milhões de euros (cerca de R$ 11 milhões) para liberá-lo. O Santos enviou o empresário Luiz Taveira para tentar reduzir a pedida.

"É um jogo perigoso porque pode nos proporcionar uma surpresa desagradável. A preparação foi séria tentando fazer o melhor com os jogadores", disse o treinador. "As negociações estão caminhando, mas ainda não definidas. Estamos atrás do máximo possível de nomes para que a diretoria busque a melhor condição possível", completou.

A busca por novos zagueiros acontece pelas perdas por lesão da sua dupla titular formada por Gustavo Henrique e Luiz Felipe, que sofreram lesões ligamentares no joelho. O experiente Betão, do Avaí, também é um dos alvos.

A diretoria do Santos ainda busca outros nomes como o centroavante Luis Fabiano, que rescindiu o seu contrato com o Tianjin Quanjian, da China, além de Michel Bastos, vinculado ao São Paulo, mas que não permanecerá no rival para a próxima temporada. Outros alvos são o meia-atacante Marcos Guilherme, do Atlético-PR, e o atacante Carlos, do Atlético-MG

Para a próxima temporada, o clube alvinegro já tem acertados o atacante Vladimir Hernández, do Junior Barranquilla, e lateral direito Matheus Ribeiro, de 23 anos, campeão da Série B com o Atlético-GO.

O desejo santista passa, principalmente, por um tropeço do Flamengo, que joga contra o Atlético-PR, em Curitiba. Mesmo se vencer, a equipe só alcança o objetivo caso os cariocas não vençam. Se empatarem, por exemplo, o Santos iguala os 71 pontos, mas consegue a segunda colocação por ter mais vitórias.

Para a partida, o Santos irá com força máxima. O América-MG, último colocado na competição, escalará uma equipe recheada de jovens atletas. O encontro marcará, também, a despedida do meio-campista Elano dos gramados. O jogador passará a integrar a comissão técnica em 2017.

Fonte: Uol