São Paulo empata com o Botafogo e se distancia da Libertadores

Equipes não saíram do 0 a 0

Após distanciar-se da zona de rebaixamento, o São Paulo começou a sonhar com uma vaga na próxima Libertadores, mas o empate em 0 a 0 com o Botafogo, neste domingo, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, na despedida tricolor do Pacaembu no ano, fez o time paulista perder a chance de colar no G-6.

Agora com 46 pontos, o "Tricolor" tem chances irrisórias de classificação para a maior competição continental, já que está a sete pontos do Flamengo, primeiro que entrega o grupo em questão.

Matematicamente, o São Paulo não teria chances, mas ainda conta com títulos de Grêmio, da Libertadores, e Flamengo, da Copa Sul-Americana para que seja aberto um G-8 ou até mesmo um G-9.

Ainda ficou em evidência na partida o peruano Christian Cueva. Após "dar o perdido" na concentração tricolor para a partida desde domingo, o meio-campista chegou até a ficar de fora da lista dos relacionados. O técnico Dorival Júnior, porém, repensou a decisão e o levou para a partida, mas entre os reservas.

Equipes não saíram do 0 a 0 (Crédito: Getty)
Equipes não saíram do 0 a 0 (Crédito: Getty)

Cueva entrou no segundo tempo e conseguiu produzir algumas jogadas de perigo. A de maior periculosidade, no entanto, veio dos pés de outro gringo: Lucas Pratto.

Aos 15 minutos da etapa final, Edimar achou linda enfiada para o argentino, que saiu na cara de Gatito e... acertou o pé da trave. Agora, o jejum de gols do camisa 14 já dura seis partidas - a última vez em que foi às redes foi no dia 22 de outubro, na vitória por 2 a 0 contra o Flamengo.

Se pode não chegar à Libertadores, o São Paulo ao menos pode comemorar o fato de que, matematicamente, não poderá mais cair para a Série B. A equipe tricolor até poderia ser alcançada pela Ponte Preta, atual 17ª colocada, mas o clube campineiro possui um confronto direto com o Vitória, fazendo com que um "mate" o outro na briga.

Pelo lado botafoguense, os ânimos pré-jogo contra o São Paulo estavam à flor da pele. Uma parte da torcida organizada protestou nas dependências do clube e tirou satisfações com alguns jogadores - o principal alvo foi Bruno Silva.

Com este empate, o Bota é o sétimo, com 52 pontos, atualmente fora da zona de Libertadores. De quebra, ainda pode ser ultrapassado pelo rival Vasco caso este vença seu jogo diante do Atlético-PR.

Na próxima rodada, o São Paulo enfrenta o Coritiba, fora de casa, domingo, às 17h (de Brasília). Já o Botafogo tem encontro marcado com o Palmeiras, na outra segunda-feira, no Allianz Parque, às 20h (de Brasília).

Fonte: Com informações da Espn
logomarca do portal meionorte..com