São Paulo perde de 4 X 2 na estreia de Ceni como técnico

Ceni trocou Chavez por Gilberto, mas não resolveu o problema

O primeiro tempo começou com uma chance perdida por Luiz Araújo, que poderia ter passado a bola para Wellington Nem, logo aos 2 minutos, e terminou com uma cobrança de falta de Cueva no travessão, aos 42. No meio disso, outras chances desperdiçadas, defesas dos goleiros, bobeadas dos zagueiros, contusão, bronca... Ah, e muitos gols! Quatro!

Aos 5, Após uma jogada bizarra do trio Maicon-Douglas-Buffarini, Marquinho abriu o placar para o Audax. Aos 9, Pedro Carmona aumentou, dando a impressão de que o time de Osasco golearia. E dá-lhe chance! Para piorar a situação do São Paulo, Wellington Nem saiu machucado.

Só que, aos 29, Chavez diminuiu... André Castro, que deu condição para o adversário, tomou uma bronca gigante do técnico Fernando Diniz, com direito a palavrões. Sem dar tempo para a pequena torcida em Barueri respirar – houve boicote na arena da Grande SP –, Chavez deixou tudo igual, aos 36.


Quando começou o segundo tempo, parecia que a equipe de Rogério Ceni viraria com facilidade – Chavez teve duas chances, Diniz foi expulso do banco. Outro engano... Aos 9, Felipe Rodrigues, meio de ombro, meio de cabeça, em outra falha defensiva, fez o terceiro gol do Audax.

Ceni trocou Chavez por Gilberto, mas o problema do São Paulo era outro, mais para trás: após outro avanço com facilidade pelo meio da defesa, Gabriel Leite sofreu pênalti, que Pedro Carmona concluiu em gol, aos 29. A estreia oficial do novo técnico tricolor não foi tão feliz quanto a amistosa, que terminou com o título do Torneio da Flórida.

Fonte: Globo Esporte
logomarca do portal meionorte..com