Sem espaço no Real Madrid, James Rodriguez pode ir para o Milan

Jornal espanhol afirma que o colombiano poder sair por empréstimo

Recém-comprado por um grupo de investimentos chinês, o Milan pode contar com um reforço de peso para a próxima temporada. De acordo com o jornal espanhol Mundo Deportivo, uma saída para o Real Madrid lidar com a insatisfação do meia James Rodríguez, constantemente deixado no banco de reservas, seria emprestá-lo para o clube italiano.

A negociação seria muito vantajosa para os rossoneros, que esperam contar com um craque para voltarem a figurar entre os principais times da Itália. Além disso, o contrato temporário, com opção de compra no final, livraria a diretoria milanesa de pagar os 75 milhões de euros (R$ 278 milhões) referentes à multa rescisória do colombiano.

Embora interessante, a transação não é urgente para os merengues, segundo aponta o tabloide. Tanto com James quanto com o atacante Álvaro Morata, o Real espera efetuar vendas ou empréstimos, mas aguardam uma grande proposta para ceder os jogadores.

James Rodriguez é presença incerta para a próxima temporada do Real Madrid (Crédito: Getty)
James Rodriguez é presença incerta para a próxima temporada do Real Madrid (Crédito: Getty)

Contratado pelo time de Madri após se destacar na Copa do Mundo de 2014, no Brasil, James não conseguiu render o esperado e é um dos nomes secundários do elenco comandado por Zinedine Zidane. Na última temporada, o camisa 10 atuou em 33 jogos e anotou 10 gols.

Pelo lado do Milan, a chegada do meio-campista seria a principal movimentação da equipe na janela de transferências do verão europeu.

Até o momento, os rossoneros anunciaram a contratação do zagueiro argentino Mateo Pablo Musacchio, destaque do Villarreal-ESP, do atacante André Silva, que brilhou pelo Porto-POR na temporada 2016/17, e do lateral esquerdo Ricardo Rodríguez, ex-Wolfsburg-ALE.

Fonte: Com informações da Espn