Sondagens por Henrique Dourado deixam Fluminense em alerta

O Fluminense inicia a semana com as atenções para mudanças.

O Fluminense inicia a semana com as atenções voltadas para Henrique Dourado — dentro e fora de campo. O jogador, que trata dores na coxa esquerda, é aguardado para reforçar o time contra o Cruzeiro, na quinta-feira. Ao mesmo tempo, a saída quase oficial de Wellington faz os tricolores ficarem mais alertas com a possibilidade de perder o atacante também. Artilheiro do Brasileiro, ele é hoje um dos mais assediados do elenco.

Desde que as principais janelas de transferência internacionais se abriram, o Fluminense recebeu diversas sondagens de clubes interessados em Dourado. Até agora, no entanto, nenhuma se converteu em proposta oficial. Mas, diante da procura, o clube espera que pelo menos uma se concretize.

Vender o Ceifador não está nos planos da diretoria. Primeiro, porque o atacante se encaixou bem no esquema de Abel. Além disso, ele é visto como liderança positiva num grupo formado por muitos garotos. Mas, como o clube atravessa um momento de crise financeira, nenhum jogador tem status de inegociável. Vale lembrar que o Tricolor só detém 50% de seus direitos econômicos.

Nas últimas semanas, o Tricolor já esteve perto de perder Marcos Calazans e Leo Pelé. Em relação ao primeiro, a conversa com o Atalanta, da Itália, esfriou após a primeira negativa do Fluminense. Já no caso do segundo, o negócio travou porque o também italiano Genoa precisa se desfazer de um não europeu para abrir uma vaga para o lateral.


Fonte: Com informações do Extra