Sucessor de Felipe Massa na Williams é filho de bilionário

Piloto canadense chega à Fórmula 1 com títulos na base

Está confirmado: Lance Stroll será o piloto que herdará a vaga de Felipe Massa na Williams em 2017. O anúncio foi feito nesta quinta-feira. O jovem canadense, que completou 18 em 29 de outubro, fará sua estreia na Fórmula 1, tendo como companheiro de equipe o finlandês Valtteri Bottas.

Apesar de precoce, Stroll já tem história para contar. Ele chega à categoria máxima do automobilismo mundial com um currículo vitorioso na base. Porém, precisará driblar a desconfiança do status de "piloto pagante". Seu pai é um bilionário da indústria têxtil e bancou toda sua carreira, incluindo um aporte financeiro crucial para sua vaga na Williams.

Nascido em Montreal em 29 de outubro de 1998, Lance tem um currículo nas categorias de base de dar inveja. Em seu primeiro ano nos monopostos, em 2014, conquistou o título da F4 italiana, com 7 vitórias em 18 corridas. No ano seguinte, faturou a Toyota Racing Series, torneio de verão na Nova Zelândia e estreou na F3 europeia, terminando a temporada em quinto. Em 2016, sagrou-se campeão da categoria continental, de forma antecipada, com a impressionante campanha de 14 triunfos em 30 provas.

Seu excelente retrospecto porém, tem forte influência de seu pai. Lance vem de berço de ouro. É filho de Lawrence Stroll, um bilionário que fez fortuna na indústria de roupas, sendo apontado com o 722º homem mais rico do mundo. Apaixonado por automobilismo, o magnata é dono do circuito de Mont Tremblant, no Canadá. Com patrimônio de cerca de US$ 2 bilhões, Lawrence usou parte dessa grana preta para dar um empurrãozinho na carreira do filho. 

Image title

Image title

Image title

Fonte: globo esporte
logomarca do portal meionorte..com