Técnico Cristóvão Borges pede que a torcida fique ao lado do Vasco

O time foi derrotado pelo Flamengo e o técnico pediu apoio

Depois de quase dois anos, o Vasco voltou a perder para o Flamengo. Com começo de temporada extremamente irregular, a torcida vascaína já demonstra sinais de insatisfação com o técnico Cristóvão Borges. Na semifinal, o treinador foi chamado de "burro", mas tentou se justificar e pediu união entre time e torcida.

Logo após a eliminação, o treinador comentou o momento em que os torcedores o xingaram. Aos 11 minutos da segunda etapa, Cristóvão tentou mudar o panorama da partida, substituindo o garoto Douglas por Guilherme Costa, gerando indignação da torcida.

Técnico do Vasco Cristóvão Borges
Técnico do Vasco Cristóvão Borges

"Essas coisas acontecem sempre quando a gente está perdendo. A torcida fica inquieta e satisfeita e elas manifestam dessa forma. Por isso também queremos o nosso torcedor do nosso lado. Hoje não fomos bem e eles ficam insatisfeitos. A mudança foi porque a nossa saída de bola não estava boa e precisávamos ter uma saída melhor e ficar mais agressivos."

Além disso, o técnico comentou as oscilações do elenco vascaíno neste começo de temporada, afirmando que o Flamengo era um time melhor preparado para a partida.

"Pelo Flamengo ser uma equipe mais pronta e estar mais junto do que a gente, precisávamos equilibrar o jogo pela nossa característica. Faltou criar mais e gerar mais riscos. A gente tem oscilado nos resultados. Estamos procurando regularidade. Isso só conseguimos com vitória."

O Vasco volta a campo na próxima quarta-feira, para enfrentar o Vila Nova-GO, pela Copa do Brasil. Ainda em jogo único, o Cruzmaltino precisa vencer para se classificar.

Fonte: ig