Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Timão recebe proposta para vender Gustagol

Jeonbuk Motors, da Coreia do Sul, sinalizou ao Timão com uma oferta de 2,5 milhões de dólares

Timão recebe proposta para vender Gustagol
| Ricardo Duarte/Internacional
Compartilhe

O Corinthians recebeu nos últimos dias uma proposta para vender Gustagol ao Jeonbuk Motors, da Coreia do Sul. Os valores agradam aos dirigentes corintianos, porém para o negócio acontecer é preciso que o Internacional, clube ao qual o atacante está emprestado, abra mão de cláusula presente no contrato. A informação foi divulgada pelo UOL e confirmada pelo LANCE!. Informações do site Terra

A oferta sul-coreana é de 2,5 milhões de dólares (R$ 12,9 milhões na cotação atual). Por esse valor, o Timão concorda em vender o atleta, mas esbarra na vontade do Inter, que se resguarda no que foi estabelecido contratualmente.
Acontece que quando o centroavante foi emprestado, em fevereiro deste ano, ficou definido que os gaúchos teriam a preferência para cobrir qualquer proposta a partir de 3 milhões de dólares (R$ 15,4 milhões). Se o Colorado não fizesse questão da permanência ou não tivesse condições financeiras para isso, a venda dependeria apenas da vontade dos dirigentes do Corinthians.

Sendo assim, pelos valores atuais, não há a obrigação do Inter em cobrir a oferta para ficar com Gustagol, além disso, não há a intenção de liberar o atleta, que faz parte dos planos do clube para o restante da temporada. Dessa forma, Timão e Internacional precisariam conversar para um acordo diante do cenário atual. Não está descartado que o Jeonbuk suba o valor do negócio.

Atualmente, o Timão possui 30% dos direitos econômicos de Gustagol, tendo negociado 15% com o Colorado quando oficializaram o empréstimo até dezembro de 2020. Além deles, o Criciúma (35%) e o Taboão da Serra (20%) têm participação nos direitos do jogador, que até aqui, desde que chegou neste ano, fez somente três jogos oficiais pelo clube gaúcho e não marcou gols.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar