Tropeço do Flamengo amanhã pode complicar situação do técnico Cuca

Na última semana, o departamento de futebol avisou que dependendo dos resultados das três partidas consecutivas no Maracanã

Na última semana, o departamento de futebol avisou que dependendo dos resultados das três partidas consecutivas no Maracanã saberia se o Flamengo disputaria o título brasileiro. Duas já foram, o time obteve somente um ponto e caiu para a décima posição na tabela.

A pressão sobre Cuca já esteve maior. Mas um tropeço contra o Barueri nesta quarta-feira pode modificar a situação. Nesta segunda-feira houve a conferência telefônica entre os dirigentes do futebol e o presidente em exercício Delair Dumbrosck.

- Tenho o hábito de conversar com o futebol para prever e solucionar problemas. Casos de indisciplina, possíveis contratações... ? explicou o dirigente.

Em entrevista ao GLOBOESPORTE.COM, ele confirmou que o treinador está seguro. Pelo menos até o próximo jogo...

GLOBOESPORTE.COM: A situação no Campeonato Brasileiro começa a preocupar?

Delair Dumbrosck: O campeonato é longo (foram disputados 12 jogos e há 38 no total) e tem muita gente lá embaixo. Está todo mundo trabalhando para recuperar.

Não teme que o mau desempenho do time de futebol atrapalhe sua candidatura nas eleições do fim do ano?

Não vou ganhar eleição contratando reforço. Futebol é determinante, mas não posso esquecer do restante do clube. Desde fevereiro, quando assumi a presidência, fiz diversas melhorias na área social e os associados também veem isso.

Mas os associados não estão descontentes com o treinador?

A maioria está satisfeita. Mas tem gente que é radical e não gostaria nem que ele tivesse sido contratado.

O Cuca entra no jogo de quarta-feira seguro no cargo?

Ele é o treinador no momento. Merece toda a confiança, recebe todo o incentivo... mas também tem muita cobrança. O Flamengo é uma sociedade associativa e sabemos que eles querem o título. Não podemos deixar de cobrar as situações que cabem a ele resolver.

E como é feita esta cobrança?

A gente pode pedir um novo choque no elenco, por exemplo. Ou pedir ao departamento de futebol uma modificação.

Um novo tropeço no Maracanã ameaçaria a continuidade de Cuca no cargo?

Vamos ver. Seria bastante complicado.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com
logomarca do portal meionorte..com