Velejador morre em regata e é sepultado no mar

Velejador morreu durante competição de volta ao mundo

A vela está de luto. No sábado, o britânico Simon Speirs foi vítima de um acidente fatal na da Clipper Round the World Race, competição de vela oceânica que dá volta ao mundo. Advogado aposentado de 60 anos, o velejador foi lançado ao mar por ventos fortes na regata que vai da África do Sul para a Austrália. Ele foi resgatado pela tripulação do barco da Grã-Bretanha, mas não recuperou a consciência. Speirs foi sepultado no mar.

"A causa da morte não está confirmada no momento, mas acredita-se que seja afogamento", afirmaram os organizadores da Clipper Round the World Race, em comunicado oficial.

Simon Speirs (Crédito: Reprodução)
Simon Speirs (Crédito: Reprodução)

Speirs tinha mais de 40 anos de experiência na vela. Ele estava ajudando a mudar as velas no foredeck do iate de 21 metros quando foi varrido pelo vendaval, apesar de estar usando um cinto de segurança que o prendia ao barco e colete salva-vidas.

Não é a primeira morte na Clipper Round the World Race. Na temporada 2015/16, Sarah Young e Andrew Ashman foram vítimas de acidentes fatais na competição de vela oceânica.

Fonte: Com informações do GE
logomarca do portal meionorte..com