Washington dá vitória ao São Paulo

Washington quem anotou os gols da vitória, um deles ainda no primeiro minuto de jogo

O São Paulo derrotou a Portuguesa, por 2 a 0, no Estádio do Canindé, neste domingo. Em jogo válido pela segunda rodada do Campeonato Paulista, foi o estreante atacante Washington quem anotou os gols da vitória, um deles ainda no primeiro minuto de jogo.

Pouco antes do início da partida, a comissão técnica do São Paulo teve um desfalque importante. Borges sofreu de indisposição estomacal e foi vetado pelo departamento médico. Hugo o substituiu no ataque, ao lado de Washington, artilheiro do Campeonato Brasileiro do ano passado pelo Fluminense.

Além disso, Dagoberto, que fazia parte do rodízio do técnico Muricy Ramalho e não havia sido relacionado para o confronto, foi para o Canindé juntamente com o restante da delegação tricolor, porém começou o jogo apenas como opção no banco de reservas.

Com um minuto de embate, o São Paulo já abriu o placar. Após escanteio cobrado pela esquerda, por Hernanes, o atacante Washington tentou o desvio, a bola bateu na zaga rubro-verde e encontrou a rede.

A Portuguesa tentou se rearmar, prendendo a bola mais no campo de defesa e saindo para o ataque apenas com segurança. Assim, os donos da casa assustaram a meta de Rogério Ceni, aos 15min. Marco Antônio driblou Hernanes e, da entrada da área, chutou forte, para bela defesa do arqueiro são-paulino.

Até o final da primeira etapa, a jogada de maior perigo foi também da Portuguesa. Aos 30min, Athirson invadiu a área e, com Ceni caído à frente, chutou no peito do goleiro. No rebote, Fabrício Carvalho cabeceou a trave e, na seqüência, chutou em cima de Miranda.

No segundo tempo, que começou com a Portuguesa tendo as principais investidas, mas sem sucesso, o São Paulo perdeu o goleiro Rogério Ceni, que teve uma contusão muscular. Em seu lugar, entrou o estreante Denis, apresentado na semana passada.

Foi no contra-ataque, porém, que os visitantes ampliaram a vantagem. Aos 33min, o ala direito Zé Luís cruzou para a área, e Washington, sozinho, cabeceou no canto esquerdo de Fábio, que nem se mexeu.

No último minuto, a Portuguesa ainda quase descontou. Em cobrança de falta, o lateral César Prates colocou no alto, mas Denis fez grande defesa e evitou o que poderia ser o gol de honra dos mandantes.

Fonte: Terra, www.terra.com.br
logomarca do portal meionorte..com