De um lado, Acelino "Popó" Freitas, tetracampeão mundial de boxe. Do lado oposto, Whindersson Nunes, humorista e fenômeno das redes sociais. E no palco montado diante do ringue, Wesley Safadão comandará o show diante de 2 mil pessoas, com artistas como Luan Santana como espectadores, na badalada Balneário Camboriú, em Santa Catarina. É com esta mescla de esporte e entretenimento que os dois lutadores se enfrentarão no combate principal do Fight Music Show, neste domingo. As informações são do Globoesporte.

Whindersson Nunes e Popó travam luta de boxe neste domingo, 30 - Foto: InstagramWhindersson Nunes e Popó travam luta de boxe neste domingo, 30 - Foto: Instagram

Aposentado do boxe desde 2017, Popó, de 46 anos, decidiu calçar as luvas novamente para aderir à febre que tomou conta dos Estados Unidos: eventos que promovem lutas entre youtubers e astros das artes marciais. O convite se deu para enfrentar Whindersson Nunes, com quem tem uma relação de respeito e cordialidade. O baiano não titubeou e aceitou o desafio.

Por falar em risada, Whindersson Nunes, responsável por arrastar multidões em seus espetáculos de stand up comedy, tentará mostrar que os cinco anos de treino de boxe na academia Capital da Luta, em São Paulo, foram tempo suficiente para conseguir trocar golpes com Popó. 

Whindersson brinca e Popó ri durante a pesagem — Foto: Fight Music Show Whindersson brinca e Popó ri durante a pesagem — Foto: Fight Music Show 

Na mesma tônica deste confronto, Esquiva Falcão, medalhista de prata nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, vai enfrentar Yuri Fernandes, ex-participante do Big Brother Brasil, em um duelo de boxe. Falcão esquentou o clima com o adversário na pesagem cerimonial, na noite de sábado. Ele deu um empurrão no oponente no momento da encarada, e a organização precisou apartá-los.

Ex-atletas do UFC, Rogério Minotouro e Leonardo Leleco também medem forças no ringue. O irmão gêmeo de Rodrigo Minotauro se aposentou do MMA em 2020 e, aos 45 anos, reencontra o esporte que lhe rendeu uma medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos do Rio, em 2007. Oriundo também da Bahia, Leleco, de 39 anos, segue na ativa nas artes marciais mistas.

Popó e Whindersson se encaram em Camboriú — Foto: Fight Music Show Popó e Whindersson se encaram em Camboriú — Foto: Fight Music Show