Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Abrigo São Lucas ganha ação de Natal

Crianças e adolescentes visitaram o local

Compartilhe

O Abrigo São Lucas recebeu uma visita especial na manhã desta quinta-feira. Crianças e adolescentes do Centro de Atenção Psicossocial Infantil (CAPSi) da Fundação Municipal de Saúde (FMS), realizaram uma emocionante ação alusiva ao período natalino. O objetivo foi promover atividades de intergeracionalidades e integralidade entre as crianças e adolescentes do CAPSi com os idosos. 

A manhã no abrigo logo foi preenchida com apresentações musicais, dança e muita conversa. A assistente social Fernanda Almeida acompanhou a visita. “É uma troca de experiências, é se doar. Eles estão doando amor para os idosos, e crianças também participam dessa doação. A iniciativa do CAPSi é muito importante para nós”, disse. A instituição filantrópica, que funciona por intermédio de doações e benefícios de idosos, abriga 61 pessoas, sendo 31 homens e 30 mulheres, em situação de vulnerabilidade social, vítimas de abandono e negligência da família. 

Francisco Severino dos Santos, está há seis meses no abrigo São Lucas. No começo do evento estava distante, mas logo foi para o meio da concentração.  “Eu gostei e espero que venham mais vezes até nós”, disse.

Segundo a cuidadora informou a Maria Borges, são poucos os idosos que recebem visitas de familiares, por isso a importância de ações como esta. “Eles ficam muito felizes. Gostam de conversar, adoram receber gente, brincar e ter contato com outras pessoas”, explica.

Foi o primeiro evento de ação social de Natal realizado pelo CAPSi. Segundo a coordenadora do Centro, Sayonara Lima, o local com idosos foi ideal para um contato enriquecedor.  “O objetivo é justamente fazer com que nossas crianças e adolescentes entendam que o Natal vai para além das comemorações festivas. Também é uma época de troca de afeto, partilha, respeito e aprendizado” falou.

Jairo Edvaldo, seis anos, aprendeu duas canções do cantor Roberto Carlos e se empolgou com as atividades no abrigo. “Eles precisam ser cuidados, pois são muito velhinhos, assim como avós”, disse a criança.

Mesmo pequeno, Jairo já tem uma certa facilidade de interagir e cuidar de idosos. Sua avó tem Alzheimer, doença que provoca compromete as funções cerebrais, com a perda de memória, por exemplo. “Em casa, ele leva a avó para o banheiro, troca de cômodo e está sempre atrás dela para auxiliar. Ele adorou a visita”, disse Celsa da Rocha, mãe do garoto.



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar