Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Abrigo São Lucas ganha ação de Natal

Crianças e adolescentes visitaram o local

Compartilhe
Google Whatsapp

O Abrigo São Lucas recebeu uma visita especial na manhã desta quinta-feira. Crianças e adolescentes do Centro de Atenção Psicossocial Infantil (CAPSi) da Fundação Municipal de Saúde (FMS), realizaram uma emocionante ação alusiva ao período natalino. O objetivo foi promover atividades de intergeracionalidades e integralidade entre as crianças e adolescentes do CAPSi com os idosos. 

A manhã no abrigo logo foi preenchida com apresentações musicais, dança e muita conversa. A assistente social Fernanda Almeida acompanhou a visita. “É uma troca de experiências, é se doar. Eles estão doando amor para os idosos, e crianças também participam dessa doação. A iniciativa do CAPSi é muito importante para nós”, disse. A instituição filantrópica, que funciona por intermédio de doações e benefícios de idosos, abriga 61 pessoas, sendo 31 homens e 30 mulheres, em situação de vulnerabilidade social, vítimas de abandono e negligência da família. 

Francisco Severino dos Santos, está há seis meses no abrigo São Lucas. No começo do evento estava distante, mas logo foi para o meio da concentração.  “Eu gostei e espero que venham mais vezes até nós”, disse.

Segundo a cuidadora informou a Maria Borges, são poucos os idosos que recebem visitas de familiares, por isso a importância de ações como esta. “Eles ficam muito felizes. Gostam de conversar, adoram receber gente, brincar e ter contato com outras pessoas”, explica.

Foi o primeiro evento de ação social de Natal realizado pelo CAPSi. Segundo a coordenadora do Centro, Sayonara Lima, o local com idosos foi ideal para um contato enriquecedor.  “O objetivo é justamente fazer com que nossas crianças e adolescentes entendam que o Natal vai para além das comemorações festivas. Também é uma época de troca de afeto, partilha, respeito e aprendizado” falou.

Jairo Edvaldo, seis anos, aprendeu duas canções do cantor Roberto Carlos e se empolgou com as atividades no abrigo. “Eles precisam ser cuidados, pois são muito velhinhos, assim como avós”, disse a criança.

Mesmo pequeno, Jairo já tem uma certa facilidade de interagir e cuidar de idosos. Sua avó tem Alzheimer, doença que provoca compromete as funções cerebrais, com a perda de memória, por exemplo. “Em casa, ele leva a avó para o banheiro, troca de cômodo e está sempre atrás dela para auxiliar. Ele adorou a visita”, disse Celsa da Rocha, mãe do garoto.



Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se