Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Acusado de matar adolescente planejava atentado em escola de Teresina

O adolescente foi apreendido na tarde de terça-feira (16/07), na casa de sua avó no bairro Satélite na zona Leste da capital.

Compartilhe

O Departamento de Homicídio e Proteção á Pessoa - DHPP divulgou com exclusividade a Rede Meio Norte conversas trocadas pelo WhatsApp entre o adolescente Italo Rodrigo Nascimento morto na manhã de terça-feira (16/07), dentro de sua casa no Residencial Teresina Sul, com o acusado, outro adolescente de 16 anos. 

De acordo com as conversas divulgadas pela política, os dois marcaram um encontro na madrugada de terça-feira (16/07). Na conversa o acusado perguntou se o adolescente estaria sozinho até que horas. 

Durante as trocas de mensagens, o acusado afirmava de forma descontraida que iria matar o adolescente. Ele perguntou se o adolescente tinha preferencia por uma morte rápida ou dolorosa, com a resposa da vítima, ele disse que mataria pela a garganta. 

Ainda na conversa, o acusado perguntou se Italo Rodrigo tinha problemas no coração e afirmou que iria degustar o órgão.

O adolescente foi apreendido na tarde de terça-feira (16/07), na casa de sua avó no bairro Satélite na zona Leste da capital, onde confessou o crime e afirmou que seu plano era esquartejar Ítalo Rodrigo, mas como a irmã da vítima estava chegando ele se apressou para matar. 

“Ele disse que se a irmã da vítima não tivesse passado a mensagem avisando que estaria retornando para casa, no momento que ela passou a mensagem para a vítima ele tomou conhecimento, porque ele viu a mensagem e se apressou para matar a vítima. Ele afirmou que passou a noite todinha amolando a faca para dar golpes cirúrgicos.”, contou o delegado Baretha.


Segundo o delegado Baretha, o adolescente acusado planejava cometer um atentado na escola em que estudava em Teresina. 

“Ele disse que já tinha um plano para fazer um atentado na escola que ele estuda e seria igual ao atentado que aconteceu em uma escola em São Paulo.” Afirmou o delegado.

Em entrevista a rede Meio Norte, vizinhos do acusado afirmou que ele era um menino normal.

“Ele é um menino bom, por isso estou chorando, ele chegava ai eu brincava com ele” disse um vizinho do acusado. 

“A mãe e eles dois, ele e a Irmã, são evangélicos, ele era um menino normal” afirmou uma vizinha, que não quis ser identificada.



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar