Águas de Teresina adota geofones para identificar vazamentos

Em um mês, pelo menos 87 já foram localizados nessa tecnologia.

Combater as perdas de água tratada tem sido um desafio encarado com bastante atenção pela Águas de Teresina. Dentro desse planejamento, a concessionária adotou recentemente o uso do geofone eletrônico, equipamento capaz de identificar, de forma precisa, os vazamentos de rede não visíveis.  Em um mês, pelo menos 87 já foram localizados por meio dessa tecnologia.

A identificação desses vazamentos por meio do geofonamento se dá a partir de sensores de solo sensíveis ao som da água e que são acoplados ao equipamento. Quanto maior a intensidade desse som, mais próximo o vazamento pode estar.

As equipes já estão atuando nas zonas que potencialmente apresentam mais vazamentos ou onde a pressão da água é mais alta. De acordo com o plano de ações, serão geofonados 3,5 km de rede por dia. O serviço de “caça vazamentos” já foi feito em localidades como: Residencial Eduardo Costa, Saci, Porenquanto e Pirajá.

“O geofonamento já é realizado por outras concessionárias do grupo pelo país. É um investimento importante para atuarmos na redução de perdas de forma mais eficiente. Com esse trabalho é possível detectar vazamentos que não são vistos porque não afloram na via e que poderiam demorar dias até ser descoberto e corrigido. A partir do momento que esse vazamento é detectado, já podemos direcionar as equipes para fazer a correção”, explica Luísa Souza, engenheira ambiental responsável pelo Setor de Controle de Perdas da Águas de Teresina.

A empresa pretende, em até 10 anos, reduzir pela metade o índice de perdas, que hoje chega a 51,2%, segundo dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (Snis). Desde que assumiu os serviços de água e esgoto na capital, no dia 7 de julho, a Águas de Teresina tem consertado, em média, 4.500 vazamentos por mês.

A concessionária reforça que a participação da população tem sido importante na localização dos vazamentos em vias públicas, informações que têm chegado via 0800 223 2000; 115; Whatsapp (98124 3199); como também pelas redes sociais. A Águas de Teresina ressalta a importância desse relacionamento para que os serviços sejam prestados com a máxima qualidade e no menor espaço de tempo possível.


Fonte: Ascom
logomarca do portal meionorte..com