Após 8 dias, morre mulher vítima de bala perdida em Campo Maior

Vitima de tiroteio em Campo Maior não resiste e morre após 08 dias

Marlucia Pereira de Sousa que foi baleada durante um tiroteio que aconteceu no último dia 02 de setembro em um bar no Bairro Matadouro em Campo Maior veio a óbito na noite deste domingo (10) em sua residência. Segundo informações obtidas pelo Em Foco, a bala teria atingido a medula óssea e por isso ela ficaria paraplégica, mas Marlucia acabou não resistindo e falecendo após uma parada cardíaca. Uma equipe do SAMU ainda foi até sua residência tentar reanima-la, mas não foi o suficiente para evitar.

Dona de uma loja de roupas, Marlucia era casada e tinha um casal de filhos, sendo uma adolescente de 15 anos e um rapaz de aproximadamente 22 anos de idade. Ela estava em um bar com o esposo e alguns amigos quando começou um tiroteio entre o filho da dona conhecido como Clésio e outro elemento identificado como Maciel dos Santos.

Os dois são conhecidos da polícia, sendo que Maciel já é acusado de matar um jovem no Complexo Valdir Fortes e deixar um vendedor de gás paraplégico. O tiro que atingiu Marlucia saiu da arma de Maciel que continua foragido, mas há informações que ele deve se apresentar nesta segunda (11).

Há uma grande comoção na cidade por conta do ocorrido. Amigos de Marlúcia estavam mobilizados para realizar um bingo para arrecadar recursos para comprar medicamentos, alimentação, um colchão d’agua e uma cadeira de rodas.

Fonte: Com informações do Campo Maior em Foco
logomarca do portal meionorte..com