Após greve de 48 horas, mobilização de agentes da STRANS continua

Eles reivindicam reajuste salarial e melhores condições de trabalho

Em Assembleia ocorrida na manhã desta quinta-feira (18), os agentes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), em paralisação de 48 horas, decidiram pela continuidade do movimento nos dias 24, 25 e 26 de janeiro com atos que devem ocorrer em frente à sede da Prefeitura Municipal de Teresina (PMT). O setor reivindica reajuste salarial, melhores condições de trabalho e o projeto de Plano de Carreira, Cargos e Salários do setor.

As tentativas de negociação com a gestão municipal por parte do Sindicato dos(as) Servidores(as) Públicos(as) Municipais de Teresina (SINDSERM) e os representantes dos trabalhadores ainda não avançaram. Uma das principais reclamações dos agentes de trânsito é o adiamento das reuniões marcadas com os secretários de administração e de finanças.

Durante a Assembleia Setorial os agentes de trânsito encaminharam diversas demandas. Dentre elas, um ato de solidariedade à professora Kátia Cilene Ferreira dos Santos, que sofreu um grave acidente na Zona Norte de Teresina. Os trabalhadores irão aderir à campanha de doação de sangue com dia D na sexta-feira, 19 de janeiro. Até a próxima semana devem ser divulgadas as atividades dos próximos três dias de paralisação.


Fonte: Ascom
logomarca do portal meionorte..com