Após passar mal, família acha comprimido dentro de pacote de suco

Empresa afirma que amostra foi colhida e caso está sendo analisado.

Uma aposentada de Cubatão, na Baixada Santista, levou um susto e passou mal ao consumir um suco de uva em pó. Elizabeth Rosa William, de 56 anos, afirma ter encontrado um comprimido estourado, dentro do saquinho, após ter sentido um gosto estranho no copo. Em nota, a empresa afirma que está analisando o caso.

O suco sabor uva foi comprado em um mercado próximo do local onde Elizabeth mora. Em entrevista, a aposentada informou que não compra o produto com frequência. "Estava com muita vontade de tomar suco de uva. Sempre deixo uma jarra de água já gelando, então, quando cheguei, coloquei o 'pózinho' dentro dela", afirma.

Segundo Elizabeth, a jarra utilizada é de cor escura, e, portanto, ela não observou alterações no suco. "Quando mexi, senti que ele estava meio grosso, mas pensei que era normal", relembra.

A aposentada ofereceu um gole de suco a seus pais, já idosos. Momentos depois, encheu um copo e tomou um gole. "Quando tomei, vi que ele estava estranho, com um cheiro forte, como se fosse de remédio mesmo", conta. Ao observar melhor o copo, Elizabeth viu que havia um objeto grudado no fundo.

"Foi daí que eu vi que parecia um comprimido, um remédio mesmo. Minha filha viu e também pensou que era. Ele até se partiu no meio", descreve. "Fui na Vigilância de Saúde e eles me orientaram a ligar para a empresa. A empresa me informou que buscaria uma amostra", informa a aposentada.

Em nota, a Mondelēz Brasil, responsável pela produção do suco, lamentou o caso e informou que possui "rigorosos controles de qualidade que garantem que os produtos saiam das fábricas em perfeitas condições de consumo". A empresa também afirma que a consumidora está sendo atendida por uma equipe que irá analisar o caso.

Após consumir o produto, a aposentada sentiu cólicas e teve problemas intestinais durante vários dias após o consumo. Ela suspeita que o comprimido possa ter alterado o produto já que os pais de Elizabeth, que chegaram a experimentar o suco, tiveram sintomas parecidos. "É uma coisa que pode acontecer em qualquer lugar. Eu só quero informar o que aconteceu comigo e estou exercendo o meu direito de alertar as pessoas", finaliza.


Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com