A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT) lamentou, através de nota, profundo pesar, pela morte do apresentador Jô Soares, ocorrida nesta sexta-feira (5), em São Paulo (SP). 

O apresentador estava internado desde 25 de julho no Hospital Sírio-Libanês, na região central de São Paulo, para tratar de uma pneumonia.

José Eugênio Soares teve sua história entrelaçada à da televisão brasileira. Humorista, escritor, dramaturgo, diretor, roteirista e pintor, Jô Soares foi um artista completo. 

Associação lamenta morte do apresentador Jô Soares, aos 84 anos - Foto: ReproduçãoAssociação lamenta morte do apresentador Jô Soares, aos 84 anos - Foto: Reprodução

No ano 2000, estreou o Programa do Jô, um dos mais conhecidos talk-shows do país. A condução de forma inteligente, bem-humorada e perspicaz era sua marca registrada.  

"Neste momento de dor, a ABERT se une aos amigos e familiares de Jô e reconhece, mais uma vez, a importância que este grande artista teve para a radiodifusão brasileira", diz trecho da nota.

Flávio Lara Resende

Presidente

Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão