Atendimento a pacientes do PLAMTA e IAPEP será suspenso na segunda

Sindicato diz que somente urgência e emergência serão atendidos

O Sindicato dos Médicos do Piauí anunciou, neste sábado (11), que irá paralisar os atendimentos aos pacientes do IAPEP-Saúde e do Plamta, ambos do Governo do Estado. 

De acordo com o Simepi, somente os casos de urgência e emergência serão atendidos. Em nota, o sindicato afirma que a paralisação é uma advertência pelo não cumprimento dos acordos firmados entre o governo e a classe médica.

IAPEP (Crédito: Reprodução)
IAPEP (Crédito: Reprodução)

Os médicos ainda questionam a defasagem nos valores dos procedimentos e o custo elevado para para aquisição e uso da licença biométrica. 

Confira a nota na íntegra: 

O Sindicato dos Médicos do Piauí (SIMEPI) comunica a todos os médicos da deliberação aprovada em assembléia geral da categoria, realizada no dia 07/03/2017, que decidiu pela paralisação do atendimento eletivo aos usuários dos planos de saúde IAPEP-SAÚDE  e PLAMTA durante todo o dia 13/03/2017 (segunda-feira) em caráter de advertência pelo não cumprimento dos acordos firmados com a categoria, os constantes e injustificados atrasos de pagamentos, as excessivas burocracias impostas ao médico prestador, as glosas injustificadas e abritrárias, a defasagem nos valores dos procedimentos e elevado custo imposto ao médico para aquisição e uso da licença biométrica.

Ressalta-se, por oportuno, que serão resguardados os atendimentos aos casos de urgência e emergência.

Fonte: Portal Meio Norte
logomarca do portal meionorte..com