Bando 'investe' R$ 4 mi em túnel para assaltar cofre de banco em SP

Com 500 metros, passagem possuía estrutura de madeiras e ferro

A Polícia Civil prendeu 16 pessoas suspeitas de terem cavado um túnel que ligava um imóvel na Zona Sul de São Paulo ao cofre da base de distribuição do Banco do Brasil. O grupo era investigado há três meses pela Delegacia de Roubos a Bancos do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic).

De acordo com a polícia afirma que os bandidos pretendiam roubar R$ 1 bilhão do banco. A prisão ocorreu na madrugada de segunda-feira (02).

— O investimento da quadrilha foi na faixa de R$ 4 milhões, segundo eles informaram, cada um dos participantes calçou R$ 200 mil e a estimativa deles era levar R$ 1 bilhão. Seria o maior assalto do mundo — disse o delegado responsável pelo caso, Fábio Pinheiro Lopes, em entrevista ao "Jornal Nacional".

O grupo foi preso em um galpão na Zona Norte da capital paulista, onde eram fabricadas as ferramentas utilizadas na escavação. Com cerca de 500 metros, o túnel possuía uma estrutura de madeiras e ferro. Lopes afirmou que a operação desta segunda-feira foi agilizada pelo fim das obras, que terminaram na na última quarta-feira.

Túnel de cerca de 500 metros foi escavado para assalto a banco   (Crédito: Reprodução)
Túnel de cerca de 500 metros foi escavado para assalto a banco (Crédito: Reprodução)
Túnel de cerca de 500 metros foi escavado para assalto a banco   (Crédito: Reprodução)
Túnel de cerca de 500 metros foi escavado para assalto a banco (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do OGlobo
logomarca do portal meionorte..com