Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Barbeiros capturados em São Luís estavam infectados

Os barbeiros estavam principalmente em quintais, escondidos atrás de tijolos empilhados

Compartilhe

O Centro de Controle de Zoonoses divulgou hoje o laudo da an?lise de cerca de quatrocentos barbeiros recolhidos no bairro do Coroado. Os exames mostram que alguns insetos estavam infectados por protozo?rios.

Os barbeiros ser?o enviados para o Instituto Evandro Chagas, em Bel?m, para confirmar se podem transmitir a Doen?a de Chagas.

Como forma de preven??o, os moradores do bairro ter?o que fazer exames de sangue e, desde ter?a-feira ?ltima, agentes de sa?de realizaram trabalhos na ?rea do Coroado ? bairro que apresenta historicamente focos do inseto ? com o objetivo de detectar e capturar barbeiros. Nas casas que foram vistoriadas, os barbeiros foram encontrados principalmente nas ?reas externas, como quintais, garagens e terra?os.

Os barbeiros estavam principalmente em quintais, escondidos atr?s de tijolos empilhados, telhas quebradas, entulhos acumulados, portas velhas e em matos. Outros foram encontrados dentro das casas, o que gerou p?nico entre os moradores.

De acordo com o chefe da Equipe de Pesquisa da Funasa, Benedito Coelho, que comandou a opera??o durante esta semana, a prolifera??o do barbeiro representa um alto risco para a comunidade, que deve se submeter a exames em car?ter de urg?ncia e seguir as orienta?es dos agentes para que n?o haja nova prolifera??o. ?Como o foco foi encontrado nas resid?ncias destas pessoas, e na maioria dos barbeiros foi detectado que h? o parasita transmissor da Doen?a de Chagas, sem d?vida nenhuma, estamos preocupados. Os moradores precisam fazer exames com urg?ncia para saber se h? ou n?o soro positivo?, completou ele.

O coordenador do Centro de Zoonoses do Munic?pio, Jo?o Batista Pires, informou que o resultado completo das an?lises nos barbeiros ser? divulgada na ter?a-feira. ?Existem v?rios tipos de barbeiros em todo o Brasil, mas em S?o Lu?s, somente foi encontrado essa esp?cie, que n?o ? um bom transmissor da doen?a. Desde 70 que n?o h? registro de casos a partir desse barbeiro, o que de certa forma nos tranq?iliza. No entanto, como forma de preven??o e seguran?a para a comunidade, faremos os exames nas pessoas, para saber se h? soro positivo ou n?o?, revelou ele.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar