Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Bebê agredido por patroa da mãe segue em estado grave em SP

A criança teve traumatismo craniano, escoriações e queimaduras em várias partes do corpo

Compartilhe

O bebê de 1 ano e 2 meses que foi espancado em Jundiaí, a 58 km de São Paulo, continua internado em estado grave no Hospital Universitário da cidade. A mãe da criança, de 19 anos, também foi agredida. Ela havia sido trazida da Bahia com o filho para cuidar de uma menina de 2 anos, filha da suposta agressora, uma mulher de 33 anos. A suspeita foi presa na quarta-feira (18).

Segundo os médicos, a criança teve traumatismo craniano, escoriações e queimaduras em várias partes do corpo. As fotos tiradas por policiais mostram que o menino estava sendo torturado havia vários dias. Ele teve os cabelos raspados e há marcas nas costas, cabeça e rosto. O caso somente foi descoberto porque a suposta agressora levou a criança, em estado grave, até o hospital.

?O investigador ficou chocado. A criança está inteira machucada, ela tem sinais de que recebeu golpe de um objeto compatível com um cabide mesmo?, afirmou a delegada Fátima Giasseti.

Também agredida, a babá tem marcas nas costas e o olho bastante machucado. Os vizinhos da casa de dois cômodos onde as duas mulheres e as duas crianças moravam dizem que o choro de bebê era constante no local, mas não desconfiavam das agressões.

A mulher suspeita das agressões irá responder por tentativa de homicídio e lesão corporal. A filha dela foi encaminhada ao Conselho Tutelar do município.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar