Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Piauiense “casado” com criança de 13 anos repercute nacionalmente

Para reportagem da TV Meio Norte, o acusado confessa o crime ao confirmar que tinha uma relação amorosa com a adolescente.

Compartilhe

O caso envolvendo João Antônio, de 32 anos, preso em flagrante nesta terça-feira (28) na cidade de Altos, no Piauí, acusado de estupro de vulnerável, por manter um relacionamento amoroso com uma adolescente de apenas 13 anos de idade, repercutiu nacionalmente. Sites como Isto É, IG Último Segundo, Primeiro Impacto (SBT) e entre outros, noticiaram o caso que chocou o país. 

O Conselho Tutelar da cidade foi acionado sobre o acusado, recebendo a informação de que ele morava junto a menor e ela teria apenas 13 anos de idade. Segundo informações da Polícia Militar, a lei trata isso como estupro de vulnerável mesmo ela consentindo. “A gente foi até o endereço, chegando ao local fizemos a abordagem, ele confessou que convivia com ela, ela confessou também, confessou que a idade dela era apenas 13, disse que a família tinha conhecimento, mas a lei é bem clara a respeito disso”, afirmou um comandante que participou da prisão. 

Caso de piauiense que tinha relação com adolescente de 13 anos repercute no país (TV Meio Norte)

Para reportagem da TV Meio Norte, o acusado confessa o crime ao confirmar que tinha uma relação amorosa com a adolescente e que já estão há quase um ano juntos. “Ela gosta, vocês não gostam de ver a pessoa feliz e dizem que é estupro, melhor do que ela estar na rua se prostituindo. A mãe dela botou ela para fora de casa e eu assumi. Um filho nosso ia nascer, ela tomou um susto dentro de casa perdeu a criança eu vim para o hospital com ela, acompanhei tudo direitinho. Já estamos com quase um ano juntos, estou curtindo ela faz tempo, não acho que é estupro, é só para a lei de vocês, não existe idade não, existe é um respeitar o outro”, revelou. João Antônio foi conduzido para Central de Flagrantes de Teresina, onde foi autuado e estará à disposição da justiça para responder criminalmente.

Asssita a reportagem: 




Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar