Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Centro é vitrine do artesanato piauiense

Centro é vitrine do artesanato piauiense

Compartilhe

A Central de Artesanato Mestre Dezinho funciona como uma vitrine para exposi??o das pe?as confeccionadas por artes?os de todo o Estado. Localizado na Pra?a Pedro II, no centro de Teresina, o espa?o ? de f?cil acesso e, por isso, ? um dos mais visitados por turistas do Piau? e de todas as regi?es do Brasil e de outros pa?ses.

Segundo a guia de turismo Denise Torres, que orienta o trabalho de visita??o na Central de Artesanato, nos meses de agosto e setembro ?ltimos, o local foi bastante freq?entado por americanos, alem?es, franceses, holandeses, italianos e turistas brasileiros. "Fazemos um registro de assinatura com a proced?ncia e o motivo da visita a Teresina; a maioria vem ? cidade para trabalhar", informa.

A guia de turismo afirma que a Central de Artesanato Mestre Dezinho re?ne trabalhos produzidos em todo Piau?. Eles s?o expostos em 27 lojas, tr?s das quais destinadas para acervo da pr?pria central. "Temos a Galeria Mestre Corn?lio, que abriga pe?as feitas por artes?os da capital e tamb?m produzidas em associa?es dos munic?pios piauienses; a Galeria Mestre Cambur?o, que comercializa pe?as do bairro Poti Velho e do munic?pio de Monsenhor Gil; e tamb?m a Galeria Cabe?a-de-cuia", orienta Denise Torres.

O turista encontra pe?as feitas nos mais diferentes estilos e materiais. "O turista vai encontrar pain?is e esculturas feitas em a?o e madeira e produtos confeccionados com a taboa, buriti, carna?ba, cip?-de-leite, cer?mica, couro, madeira, entre outros. Fora isso, h? tamb?m uma diversidade de doces", diz a guia de turismo.

Segundo ela, os turistas aprovam o espa?o e apreciam o artesanato piauiense. Entre os produtos mais comercializados est?o doces, camisetas, opalas, produtos da Cer?mica Serra da Capivara e, agora, por conta da temperatura, s?o vendidos muitos leques feitos de palha.

O espa?o, que ? aberto das 8 horas ?s 18 horas, tamb?m ? visitado por estudantes dos ensinos fundamental, m?dio e superior que fazem pesquisas no local e aproveitam para conhecer a cultura do Estado.

Al?m da oportunidade de mostrar os trabalhos na Central de Artesanato, os artes?os piauienses est?o comercializando seus produtos em feiras realizadas em outras regi?es. A diretora-financeira do Programa de Desenvolvimento do Artesanato do Piau? (Prodart), Ju?ara Lacerda, informa que para este m?s est? agendada a participa??o do Piau? em evento da Associa??o Brasileira de Ag?ncias de Viagens (Abav), no Rio de Janeiro, no per?odo de 24 a 27. Outra exposi??o est? prevista para S?o Paulo, no Centro de Conven?es do Anhembi.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar