Cidades pelo país mudam a queima de fogos pelo bem estar de animais

Algumas das cidades criaram leis proibindo a queima de fogos

Se para muitos a festa de réveillon, com música alta e fogos de artifício, é uma das partes mais aguardadas no fim do ano, para os pets a virada do ano pode se transformar em um verdadeiro pesadelo. Os bichos de estimação possuem uma audição mais sensível que a dos humanos e os estouros na noite do dia 31 pode causar irritação, medo e agitação nos animais. Pensando nisso, algumas cidades espalhadas pelo país decidiram mudar a tradicional queima de fogos da virada pelo bem estar dos peludos.

Em São Paulo, cidades como Campos do Jordão, Ubatuba, Bauru, Conchal, Araçariguama, São Vicente, Peruíbe e Ilhabela terão queimas de fogos silenciosas durante a virada. Em Campos do Jordão, a medida atende a uma lei sancionada neste ano, que proíbe a utilização, fabricação e comercialização de fogos de artifício. A lei tem como objetivo "proteger o bem estar das pessoas e dos animais". O não cumprimento da Lei acarretará multa que varia de R$ 952,66 para pessoas físicas, até R$ 2.256,30 para empresas.

Algumas das cidades criaram leis proibindo a queima de fogos (Crédito: Reprodução)
Algumas das cidades criaram leis proibindo a queima de fogos (Crédito: Reprodução)

Em Volta Redonda, no interior do Rio de Janeiro, a secretária municipal de Cultura, Aline Ribeiro, informou que a que o show pirotécnico do réveillon será com fogos de baixo ruído. De acordo com ela, foram priorizados fogos de luz, sem estouros, o que deve reduzir cerca de 70% do barulho na virada.

No caso da Prefeitura de Bauru, até este ano, uma lei também proibia os fogos na virada. No entanto, mesmo após a anulação da norma, a prefeitura decidiu manter os fogos sem barulho.

Alfenas e Estiva, no interior de Minas Gerais, informaram que as cidades não terão queima de fogos por conta dos animais. No Sul do país, Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná terá uma festa no Parque Ambiental. Segundo a prefeitura, a intenção é poupar os animais do barulho a partir da meia-noite de domingo.

Fonte: Com informações do Extra
logomarca do portal meionorte..com