Ciptran registra queda no número de infrações este ano em Teresina

Os condutores precisam se conscientizar.

O número de infrações cometidas por condutores no trânsito de Teresina diminuiu. De acordo com o relatório da Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (Ciptran), até novembro deste ano foram registradas 5.679 contravenções ao Código Brasileiro de Trânsito (CTB) na nossa capital. No mesmo período do ano passado, foram registradas 6.469 multas.

Para a diretora da Escola Piauiense de Trânsito (EPT), do Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran-PI), Larissa Caldas, essa estatística deve ser comemorada. “Isso mesmo que os condutores devem estar mais prudentes no trânsito, respeitando as leis e contribuindo para um trânsito mais seguro. É para isso que nós trabalhamos ininterruptamente, levando a mensagem de educação no trânsito através de palestras e blitzen”, explica.


A educadora no entanto afirma que aumento no número de infrações gravíssimas é preocupante. Até novembro deste ano, foram aplicadas 1.900 multas dessa gravidades, já superando o ano passado em que, durante todo o ano, foram aplicadas 1.719 registradas infrações dessa natureza.

“É preocupante porque a classificação dessas multas já remete ao perigo que não obedecer a essas leis do CBT pode trazer. São ocorrências que tem um potencial maior de causar acidentes de trânsito envolvendo vítimas fatais e/ou com sequelas. Os condutores precisam se conscientizar quanto a isso e a EPT está trabalhando para que isso aconteça”, ressalta Larissa Caldas.

Segundo o relatório, foram registradas 83 infrações graves, 64 médias e 376 leves. No mesmo período do ano passado, foram aplicadas 103 graves, 58 médias e 347 leves.

Fonte: Ascom
logomarca do portal meionorte..com