Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Climatologista explica motivo da ocorrência de fortes ventos em THE

A ventania causou destruição em alguns pontos da capital.

Compartilhe

Uma forte ventania assustou os teresinenses e provocou alguns estragos na noite desta segunda-feira (05/11). O assunto deu o que falar nas redes sociais, onde os usuários começaram rapidamente a compartilhar imagens de árvores caídas e destruição. Segundo o climatologista Werton Costa, apesar do susto, a nuvem é comum em Teresina.

“Ontem nos tivemos rajadas de ventos na casa de 62km/h provocados pelo deslocamento de uma nuvem chamada cúmulo-nimbos, que é uma nuvem de desenvolvimento vertical muito comum em Teresina nessa época, são nuvens isoladas e elas tendem a se acentuar a partir do início do período chuvoso quando elas passam a ocorrer em grupos formando tempestades que nós chamamos de multicélulas”, declarou.

De acordo com ele, apesar de normal, o fato de ontem teve um diferencial. “Essa nuvem em particular teve um ponto diferente porque ela foi alimentada por um sistema chamado Vórtice Ciclônico de Altos Níveis que forçou o crescimento rápido dessa nuvem. Geralmente nuvens cúmulo-nimbos quando crescem rapidamente tendem a ter grandes quantidades de descargas elétricas e formar algumas rajadas de ventos com alguma precipitação, só que a chuva não caiu em Teresina, mas sim nos municípios vizinhos, como Pau D’arco, Alto Longá, Campo Maior e Altos”, disse.

“A nuvem chegou em Teresina em seu estágio superior ao amadurecimento, toda tempestade tem três estágios: a formação, a maturidade e a dissipação, e essa chegou em Teresina na transição da fase de maturidade para dissipação, quando é comum a presença das rajadas de vento, então trata-se de um fenômeno, a nuvem é normal na cidade, mas o diferencial foi justamente a presença de um sistema que intensificou a ação dessa nuvem sobre a capital piauiense”, finalizou o professor.

\"\"

\"\"


Defesa Civil alerta para risco de quedas de árvores em Teresina

A Defesa Civil Municipal de Teresina alerta a população para que eventuais quedas de árvores não danifiquem casas, automóveis ou, até mesmo, caiam sobre pessoas. Segundo o agente da Defesa Civil Municipal, Sebastião Domingos, é necessário manter a copa das árvores numa altura mínima, para que não encostem em residências ou na fiação elétrica, e também observar a estrutura dessas árvores.

“Tomando essas medidas básicas, evita-se o risco da queda, além de oferecer segurança para as residências próximas. Porque em situações de fortes ventos, como os que aconteceram ontem, os riscos de algum acidente de maior gravidade diminuem bastante. Então, pedimos que a população monitore, constantemente, as árvores e entre em contato conosco para trabalharmos na prevenção”, alerta Sebastião Domingos.

Em caso de dúvidas ou denúncias, a população pode entrar em contato com a Defesa Civil Municipal, gratuitamente, através do número 153. “É muito importante que a população de Teresina contribua com o trabalho da Defesa Civil Municipal, ligando para o número 153, para o efetivo atendimento do órgão”, reforça o secretário municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), Samuel Silveira.

A população pode solicitar um atendimento à Defesa Civil de Teresina também, via ofício, na sede da Semcaspi, órgão ao qual a Defesa Civil é vinculada. A Secretaria fica na Rua Álvaro Mendes, 861, no Centro. Mais informações, pelo telefone (86) 3215-7485.


\"\"

\"\"

\"\"

\"\"



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar