Coiza Nossa vai realizar expedição para Bonito em janeiro de 2018

O Cerrado e a Mata Atlântica são cenários ecológicos predominantes

O ecoaventureiro Alcide Filho e toda a equipe do programa Coiza Nossa, da Rede Meio Norte, realizará entre os dias 20 a 24 de janeiro de 2018 uma expedição passeio para Bonito, no Mato Grosso do Sul. A expedição passeio será via área de Teresina a Bonito, realizada através da empresa Miraceu. O pacote além das passagem e hospedagem, inclui também todos os pacotes de passeio.

Os interessados em maiores informações e detalhes podem acessar também o aplicativo disponível para Android Borapra.top e também pelo Instagram @borapra.top.

Alcide Filho
Alcide Filho

BELEZA TRANSPARENTE

Bonito tem uma beleza transparente. Está localizado na região sudoeste de Mato Grosso do Sul, a 300 quilômetros da capital Campo Grande. O Cerrado e a Mata Atlântica são cenários ecológicos predominantes da região.

AQUÁRIO VIVO

Bonito faz bonito no quesito Ecoturismo. O município conta com mais de 40 atrativos. Isso inclui contemplação, aventura e esportes radicais. A exceção da Gruta do Lago Azul e do balneário municipal, todos estão em propriedades particulares.

A maioria das atrações estão próximas. As distâncias mais distantes entre elas não passam de 55 quilômetros. Em Bonito, contatos com a Natureza têm regras e preparativos. Antes de nadar entre os Piraputangas (Brycon microlepis), o peixe típico da região, o turista recebe previamente equipamentos que incluem colete salva-vidas e máscara de mergulho com snorkel. Faz parte, inclusive, um treinamento básico para “flutuar” no rio.

É no contato com águas cristalinas que está um dos encantos de Bonito. Nesse passeio, o turista se deixa levar pela correnteza dos rios, tendo a sensação de estar dentro de um aquário. A idade mínima para o passeio é de cinco anos.

BODOQUENA, A SERRA QUE JÁ FOI MAR

A cidade de Bonito está localizada no sul da região Centro Oeste do Brasil, a oeste de Mato Grosso do Sul. Está sobre o Planalto da Bodoquena, região geológica onde a rocha predominante é o calcário. No subsolo do município há camadas rochosas que acumulam água abastecida pelas chuvas, fortalecendo assim o lençol freático. A água atravessa rupturas de algumas partes de rochas calcárias, recolhendo seus minerais. Com isso, as águas das nascentes saem ricas em bicarbonato de cálcio e magnésio.

A região de Bonito já foi um mar, tendo sido chamado de Mar de Corumbá. Por conta disso as águas são ricas em minerais (bicarbonato de cálcio e bicarbonato de magnésio), provenientes do calcário.

SEGREDO DOS RIOS CRISTALINOS

O Município de Bonito pertence à Bacia Hidrográfica do Paraguai. Os principais rios são: Formoso, Prata, Perdido, Mimoso, Peixe, Anhumas, Olaria e Miranda. Os rios da região possuem um diferencial surpreendente: são cristalinos. E o motivo para terem águas límpidas está na Geologia. O que faz as águas dos rios de Bonito serem tão transparentes é a alta concentração de calcário (CaCO3, carbonato de cálcio) na água. O calcário possui a propriedade de calcificar o que estiver em suspensão na água. A reação deixa as partículas causadoras da turbidez mais pesadas, o que faz com que sejam naturalmente sedimentadas até o fundo do rio.

Os rios de Bonito permanecem cristalinos porque são natural e permanentemente tratados, quer dizer, passam por uma  decantação natural que elimina o que possa turvar a água. Assim, a visibilidade nos mergulhos é incrível. 

CUIDAR DO AMBIENTE É UM MEIO DE SER BONITO

Além de uma beleza natural, Bonito tem uma política ambiental atuante, regras e compromissos, ações coletivas de proteção e conservação ambiental, educação ambiental e o envolvimento da população nas boas práticas do ecoturismo. Bonito não é bonito por acaso. Isto é incrível.





Fonte: Com informações do Alcide Filho
logomarca do portal meionorte..com