Comoção marca enterro de brasileira que passou mal durante voo

Centenas de pessoas passaram pelo velório.

O enterro da brasileira, que passou mal durante voo para a Tailândia e morreu após atendimento em hospital no Catar, na madrugada do dia 30 de abril, foi marcado por forte comoção. Centenas de pessoas passaram pelo velório, que começou às 6h30 deste domingo (7), em Votuporanga (SP), de onde ela era. O sepultamento foi às 11h, no cemitério municipal da cidade, onde família e amigos se despediram de Regina Dezani da Costa, de 40 anos.

Segundo a família, o laudo com a causa da morte apontou "insuficiência cardíaca aguda por causas naturais." Regina foi socorrida por médicos que estavam a bordo e depois, levada para um hospital de Doha, capital do Catar. A morte dela foi confirmada na segunda-feira (1º) pelo Ministério das Relações Exteriores e por parentes.

"Continuemos juntos em oração para que Deus nos conforte e nos dê força para suportamos essa dor. Os momentos felizes eternizam a presença de quem se foi. 'Segura teu filho no colo. Sorria e abrace teus pais enquanto estão aqui. Que a vida é trem-bala, parceiro. E a gente é só passageiro prestes a partir'."

A cunhada, Meiriane Aparecida Castilheri da Costa, diz que a família está extremamente em estado de choque, porque, além da morte, havia a distância em que o corpo de Regina estava.

Segundo a família, Regina fez seguro de viagem e a família aguardava os trâmites legais feito entre o governo do país e a embaixada brasileira para viabilizar o traslado do corpo, que chegou ao Aeroporto Internacional de Guarulhos no final da tarde de sábado (6) e em Votuporanga, por volta das 6h deste domingo (7). Inicialmente o enterro seria às 15h, mas a família preferiu adiantá-lo para às 11h.

O Itamaraty informou que não pode passar mais informações, mas que dá todo o apoio aos familiares e cuida de todos os detalhes com a ajuda da embaixada brasileira no país. A família ressalta que toda a viagem de Regina foi planejada para ela curtir as férias e que ela não tinha nenhum problema de saúde.

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com Informações do Extra