mais

Conta de energia: taxa da bandeira vermelha vai subir mais de 60% em julho

Reajuste foi confirmado pelo diretor-geral da Aneel, André Pepitone

De acordo cum uma informação divulgada pelo jornal O Globo, a taxa da bandeira vermelha 2 deve sofrer um reajuste de mais de 60%, deixando o valor da conta de energia mais caro a partir do mês de julho. 

O reajuste deve ser feito pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), responsável pelo aumento das bandeiras tarifárias quando o custo da geração de energia sobe. Será o segundo aumento da bandeira vermelha em 2021. O primeiro ocorreu devido à crise das hidrelétricas.

Taxa da bandeira vermelha vai sofrer reajuste a partir do mês de julho Taxa da bandeira vermelha vai sofrer reajuste a partir do mês de julho 

O diretor-geral da Aneel, André Pepitone, já havia confirmado um reajuste nas tarifas.

 O valor do reajuste será divulgado até o final do mês. De acordo com o jornal O Globo, esse valor deve ficar em torno de R$ 10,00 e deve vigorar até o mês de novembro, cobrindo o custo de energia por termelétricas.

Veja os valores atuais:

  • Bandeira verde: não há cobrança adicional
  • Bandeira amarela: R$ 1,34 por cem quilowatts-hora
  • Bandeira vermelha 1: R$ 4,16
  • Bandeira vermelha 2: R$ 6,24
Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail