Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Crianças quebram perna e braço ao caírem de brinquedo inflável

Brinquedo tem cerca de 7 metros e tombou após rajada de vento de cerca de 50 quilômetros por hora.

Compartilhe

Um forte vento tombou um brinquedo inflável e deixou três crianças feridas na noite desta sexta-feira (3), durante a Expoacre 2019 – a maior feira de agronegócios do estado. Duas das crianças tiveram fraturas e outra ficou com sangramento no nariz. As informações são do G1.

O climatologista Alejandro Fonseca, da Universidade Federal do Acre (Ufac), informou que foram registradas rajadas de vento de cerca de 40 quilômetros por hora e a temperatura mínima durante a madrugada deste sábado (3) chegou a 15,4 ºC em Rio Branco.

O major Cláudio Falcão, do Corpo de Bombeiros, informou que ao menos 10 crianças estavam no brinquedo no momento do acidente. Segundo ele, uma rajada de vento fez o escorregador inflável tombar e causou um tumulto no local. As crianças feridas têm 6, 7 e 11 anos.

“Por volta das 22h, veio uma rajada de vento muito forte. Se tivesse começado com um vento mais leve, a gente poderia ter interditado o brinquedo antes ou então ter tomado outra providência, mas, foi de uma vez só e derrubou esse brinquedo de 7 metros de altura. Das 10 crianças que estavam brincando no momento, três ficaram machucadas, sendo duas com mais gravidade”, disse o major.

Conforme o major, uma das crianças teve fratura exposta no rádio – braço -, a outra fraturou a tíbia – perna -, e a terceira bateu o rosto no momento da queda. As crianças foram atendidas pelos bombeiros e, em seguida, levadas para o Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb).

Fiscalização

Após o acidente, o brinquedo foi desinflado, desativado e interditado pelos bombeiros. O acidente vai ser investigado pela corporação. Para funcionar, todo o parque passou por uma vistoria dos bombeiros e por isso, que o major explica que precisa ser verificado o que pode ter ocasionado o acidente.

“Ele não voltou mais a funcionar para podermos verificar toda a parte de estaiamento e sabermos o que aconteceu. Esse brinquedo tem uma segurança com estaiamento, que são os cabos que fixam ele no chão. Temos que verificar o que rompeu. Esse acidente vai fazer parte de uma investigação”, afirmou Falcão.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar