Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Cuidados com a audição é uma das cinco prioridades da OMS

Especialistas afirmam que nunca houve tanta gente com a audição em risco; aplicativo permite checar se as pessoas estão ouvindo bem ou não

Cuidados com a audição é uma das cinco prioridades da OMS
|
Compartilhe
Google Whatsapp


A Organização Mundial da Saúde (OMS) acaba de eleger o combate à perda auditiva como uma das cinco prioridades da entidade para o século 21. De acordo com pesquisas, cerca de um bilhão de pessoas no mundo, atualmente, correm riscos de ficar sem ouvir. Justamente por isso, a OMS criou a Lancet Commission for Global Hearing Loss (Comissão Global Lancet para Perda Auditiva), a maior ação já feita na história para fomentar discussões de políticas públicas de prevenção e tratamento da surdez.

O problema da perda auditiva é tão sério que em março deste ano a OMS lançou um aplicativo que permite ao usuário de smartphones checar se está ouvindo bem ou não. Com o App, a agência da ONU quer ajudar as pessoas a detectarem perdas de audição precocemente. Segundo o organismo internacional, o software hearWHO, que é gratuito e pode ser baixado no Google Play e na App Store da Apple, beneficiará principalmente quem ouve música em volume alto ou quem trabalha em locais barulhentos. O aplicativo é uma forma moderna e atual de proporcionar uma ideia de que pode existir dificuldade para ouvir e, fazer com que as pessoas procurem ajuda especializada para realizar avaliações auditivas mais detalhadas com os profissionais da área.

De acordo com a fonoaudióloga Isabela Papera,  dentre os sintomas do início da perda de audição estão a sensação de zumbido no ouvido, o fato de não se conseguir ouvir partes de uma conversa ou o costume frequente de aumentar o volume de aparelhos de televisão, rádio ou dispositivos de áudio. "Identificar com antecedência a perda auditiva é crucial para saber quais comportamentos de risco precisam ser modificados, a fim de não agravar o distúrbio e, ao mesmo tempo, tratá-lo de imediato para evitar que o indivíduo não passe por situações constrangedoras e se isole do ambiente social", alerta.

E se já houver perda de audição, uma das opções de tratamento é o uso de aparelhos auditivos. Hoje, graças à tecnologia, não é mais preciso ter vergonha de usar aparelhos nos ouvidos. As modernas próteses têm tanta tecnologia quanto os mais modernos smartphones. "Aparelhos auditivos garantem a inclusão no mercado de trabalho e o bom convívio com amigos e parentes, de pessoas com diferentes graus de perda auditiva", ressalta a fonoaudióloga.

Muitos fatores neste século 21 estão ajudando a aumentar os casos de surdez precoce, entre eles maus hábitos, como ouvir música alta no fone de ouvido; ficar frequentemente exposto a sons altos em festas e shows; ficar horas no trânsito barulhento das grandes cidades; e o trabalho contínuo em ambientes ruidosos.




Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×