Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Custando R$ 7,7 bi, maior shopping do mundo será erguido em Dubai

Local terá área de 100 campos de futebol.

Custando R$ 7,7 bi, maior shopping do mundo será erguido em Dubai
1 | divulgação
Compartilhe

A construção do maior shopping center do mundo foi anunciada nessa segunda-feira, e é claro que o novo empreendimento faraônico será erguido em Dubai. Conhecida pelas obras gigantescas, a cidade já tem o maior shopping do Oritente Médio – o Dubai Mall, que também é o terceiro maior do mundo em área total atrás do Golden Resources Mall, do SM Tianjin e do South China Mall, todos da China -, e se tudo sair como o programado terá a partir de 2020 o Dubai Square, o maior de todos, equivalente a 100 campos de futebol.

Com um custo estimado em US$ 2 bilhões (R$ 7,7 bilhões), o centro de compras e lazer foi projetado para ser uma verdadeira cidade dentro de outra, com direito a sua própria Chinatown – a maior das Arábias – além de teatros, marina, arena com projeção em 3D para shows de todos os tipos, sistema de iluminação e climatização próprios, parque aquático, ginásios esportivos e tudo mais.

\"
(Crédito: Divulgação)

Responsável pelo projeto, a empresa Emaar Properties disse em nota que pretende transformá-lo em um marco tanto na história da arquitetura moderna quanto na do varejo, como uma opção de compras presencial feita sob medida para os consumidores acostumados às compras digitais que fazem na internet. Tudo com um toque emiradense, que nesse caso se traduzirá em provadores VIPs carregados de tecnologia, com espelhos interativos que permitirão aos ‘shopaholics’ provar vários looks sem necessariamente trocar de roupa.

\"
(Crédito: Divulgação)


O Dubai Square também terá um aplicativo próprio, através do qual seus frequentadores poderão adiantar vários passos de suas compras em lojas físicas de lá com um simples toque em seus smartphones, embora a ideia seja mesmo levá-los ao local. Apesar de toda essa empolgação, e como acontece no resto do mundo, as vendas do varejo
tradicional em Dubai cresceram apenas 1,4% no ano passado, ante um salto de 6,5% em 2016. O segredo para fugir da estagnação, apontam especialistas, é inovar, e por causa de iniciativas como o Dubai Square o crescimento previsto para esse ano é de 5,1%. 

\"
(Crédito: Divulgação)
\"
(Crédito: Divulgação)



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar