Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Defensoria Pública realiza visitas virtuais às Unidades Prisionais

Objetivo é assegurar direitos das pessoas privadas de liberdade durante a pandemia

Compartilhe

A 4ª Defensoria Pública do Sistema Prisional, que tem como titular a defensora pública Irani Albuquerque Brito, iniciou visitas virtuais às Unidades Prisionais do Piauí. O trabalho iniciou nestas quarta e quinta-feira (13 e 14), pela Penitenciária José Ribamar Leite , também conhecida como Casa de Custódia, assim como pela Cadeia pública de Altos (CPA).

Na oportunidade a defensora pública Irani Albuquerque atendeu os internos das duas unidades por videochamada, prestando informações sobre andamento processual, pedidos concedidos ou negados, datas de benefícios, entre outros. Todos os dados são relativos a processos de Execução.


Defensora pública Irani Albuquerque BritoA defensora pública diz que as videochamadas foram realizadas da melhor maneira e explica que algumas deficiências ocorridas no momento das primeiras transmissões serão corrigidas pelas equipes da Defensoria e Sejus, para que os demais contatos sejam realizados sem contratempos. “Foi tudo muito tranquilo. 

Na Penitenciária José Ribamar Leite contamos com a ajuda do diretor, Ednaldo Araújo de Santana; do chefe de disciplina, Antônio Teodomiro Neto; e do assessor da Secretaria de Justiça, Thales Soares Santana. Na CPA também tivemos ajuda do diretor Antônio Vinicius da Silva Rodrigues; do chefe de disciplina Bruno Maia Vasconcelos e da chefe administrativa Maria Teresa Cardoso de Melo. Esse foi o início de uma série de visitas virtuais que faremos às Unidades Prisionais enquanto durar a pandemia, para continuar prestando as informações que normalmente damos presencialmente e que, nesse período de isolamento social, estamos impossibilitados de fazer porque não podemos entrar nos presídios,até para garantir a segurança dos internos. Esse atendimento por videochamada é mais uma ação da Defensoria, para assegurar os direitos das pessoas privadas de liberdade”, afirma Irani Albuquerque.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar