Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

THE: Doutor Pessoa discute retorno das aulas presenciais em reunião

A previsão é de que o próximo ano letivo comece dia 18 de fevereiro.

Compartilhe

Em seu primeiro dia de trabalho no gabinete de prefeito de Teresina, Doutor Pessoa participou de uma extensa agenda de reuniões nesta segunda-feira (04/03) com diversos membros da sua equipe administrativa, tratando de pautas consideradas prioritárias nos meses iniciais da nova gestão municipal.

Com Nouga Cardoso, por exemplo, o titular da Secretaria Municipal de Educação (Semec), discutiu questões relevantes para este setor administrativo, que será um dos principais eixos da atual gestão. A intenção é elaborar um plano de retorno das aulas presenciais na rede pública municipal.

LEIA MAIS:  Dr. Pessoa chega em carro aberto na PMT para 1° dia de expediente

Segundo o secretário, a volta dos alunos para as salas de aulas devem ocorrer de maneira segura e organizada, possivelmente seguindo um modelo híbrido que ainda está sendo finalizado com as autoridades sanitárias da capital.

Foto - Divulgação

Doutor Pessoa tem reunião com nova equipe da Semec e discute retorno das aulas presenciais dia 3 de fevereiro. A previsão é de que o próximo ano letivo comece dia 18 de fevereiro. “O Dr. Pessoa exigiu de nós que apresentássemos um relatório sobre a situação encontrada durante a transição, o que nós informamos. Também discutimos a nossa prioridade que é concluir o ano letivo de 2020 e preparar o ano letivo de 2021”, disse o secretário.

Para concluir o período letivo, as aulas vão continuar da mesma forma em que estão, ou seja, pela televisão e WhatsApp. “O nosso fazer diferente será para o período letivo de 2021. Vamos fazer com que todos os alunos, sem exceção, tenham acesso aos conteúdos. Verificamos um desnível grande de alunos que conseguiram avançar e outros não. Talvez com aulas com sistema híbrido e talvez com educação remota. Mas são aspectos da política educacional que serão discutidos com o Conselho Municipal de Educação também”, afirma o secretário.




Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar