Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Doze municípios registram perdas socioeconômicas no interior do Ceará, aponta Cedec

Entre as 7 horas da última terça-feira e o mesmo horário de ontem, choveu em 145 município do Estado

Compartilhe

Doze munic?pios j? registraram danos materiais, ambientais e humanos, al?m de preju?zos econ?micos e sociais por conta das chuvas no Cear? em 2008. A informa??o ? da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), que est? dando assist?ncia em nove deles: Lavras da Mangabeira, Crato, Ic?, Miss?o Velha, Cariria?u, Quixel?, Brejo Santo, Aurora e Barbalha. Em todos, v?m sendo registradas fortes precipita?es nesta semana. Em Mora?jo, uma passagem molhada na zona rural quebrou na ?ltima ter?a-feira, e a situa??o est? sendo monitorada. As outras duas cidades ? Itapipoca e Aracati ? foram mais castigadas nas ?ltimas duas semanas.

Segundo os dados da Cedec, atualizados at? o fechamento desta edi??o, ?s 15h, apenas nos munic?pios de Brejo Santo, Lavras da Mangabeira, Cariria?u e Barbalha, j? havia 2.840 pessoas desalojadas, 317 desabrigadas, 238 casas danificadas e 24 destru?das.

Entre as 7 horas da ?ltima ter?a-feira e o mesmo hor?rio de ontem, choveu em 145 munic?pio do Estado, segundo o boletim da Funda??o Cearense de Meteorologia e Recursos H?dricos (Funceme), atualizado at? ?s 14h30 de ontem. Em 36 cidades, as chuvas alcan?aram, pelo menos, 50mm.

Os dados da Companhia de Gest?o dos Recursos H?dricos (Cogerh) continuam indicando que 12 dos 127 a?udes estaduais e federais do Cear? est?o sangrando. Outros, como o Itapebussu (Maranguape), com 98% da capacidade, o S?o Pedro do Timba?ba (Mira?ma), com 94%, e o Gangorra (Granja), com 92%, est?o bem pr?ximos de atingir a sangria. Dos grandes reservat?rios do Estado, o mais cheio ? o Lima Campos (Ic?), com 83,92% do n?vel m?ximo. O Or?s tamb?m recebeu um grande volume de ?gua nos ?ltimos dois dias, chegando a 72,68% do n?vel.

Tr?s a?udes particulares localizados em Hidrol?ndia come?aram a sangrar na noite de ter?a, quando o munic?pio recebeu a maior quantidade de chuvas do Estado, de acordo com o boletim da Funceme: 115mm. Conforme o coordenador da Defesa Civil do munic?pio, Raimundo Martins, a sangria dos reservat?rios provocou a eleva??o do Rio Batoque, o principal da cidade. Por conta disso, houve a inunda??o de cerca de 20 casas e o alagamento de v?rias ruas. O maior problema, por?m, foi na zona rural, onde planta?es foram destru?das. No distrito de Iraj?, o Rio Feitosa transbordou, castigando a lavoura.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar