Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Dupla é condenada por matar mulher estrangulada com corda no Piauí

Após o julgamento, a decisão foi proferida pelo juiz titular da Comarca de São Raimundo Nonato, Carlos Alberto Bezerra Chagas.

Compartilhe

Dois acusados de envolvimento em um feminicídio ocorrido no ano de 2018, na cidade de São Raimundo Nonato, foram condenados pela justiça durante um julgamento foi realizado nestab terça-feira, 19 de outubro, na Comarca do município. Mário Cavalcante Lopes e Quelton Soares Neves responderam pelo crime com penas de 21 anos e 04 meses de reclusão e 18 anos e 08 meses de reclusão. 

Após o julgamento, a decisão foi proferida pelo juiz titular da Comarca de São Raimundo Nonato, Carlos Alberto Bezerra Chagas. O promotor de Justiça João Malato Neto participou do julgamento auxiliando o trabalho da Promotoria de Justiça Criminal de São Raimundo Nonato. As sentenças deverão ser cumpridas em regime fechado. 

Crime aconteceu na cidade de São Raimundo Nonato, no sul do Piauí (Reprodução)

Os condenados foram levados a julgamento pela prática do crime de homicídio qualificado por motivo torpe ou mediante paga ou promessa de recompensa, com emprego de meio cruel e feminicídio (artigos 121, §2º, I, III e VI c.c 29, todos do Código Penal). O crime ocorreu no dia 10 de maio de 2018, por volta das 03h00min, em uma residência situada na Rua Guilherme Pereira de Assis, bairro Umbelina II, no município de São Raimundo Nonato. Os acusados assassinaram Maria Valdinete Correira Lopes estrangulando-a com um pedaço de corda.

Consta nos autos do processo que Mário Lopes contratou Quelton Neves. Em seguida, na madrugada do crime, Quelton Neves arrombou a porta da cozinha da residência de Maria Valdinete enquanto ela dormia, estrangulou a vítima e fugiu do local. Na sequência, Quelton Neves recebeu de Mário Cavalcante como pagamento, pelo crime praticado, a posse da residência da vítima. O crime, à época dos fatos, causou grande repercussão em São Raimundo Nonato em virtude da violência praticada. 

Com informações do Ministério Público do Piauí 


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar