Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Brasileiros estão entre os seis que mais compram imóveis em Nova York

No ano passado, a venda para os brasileiros apresentou alta de 21% em relação a 2011

Compartilhe

Os imóveis em Nova York se tornaram os favoritos dos brasileiros nos Estados Unidos, sendo que os compradores do Brasil já ocupam a 6ª posição entre as nacionalidades estrangeiras que mais compraram imóveis na cidade durante o ano de 2012. As cinco primeiras nacionalidades que mais compram propriedades na região são os canadenses, chineses, mexicanos, indianos e ingleses informou a imobiliária Elite International Realty .

No ano passado, a venda para os brasileiros apresentou alta de 21% em relação a 2011, enquanto que a venda para os americanos foi de apenas 4%, segundo um levantamento da Hibou/Zapt. Para o diretor da Elite, Leo Ickowicz, os brasileiros buscam apartamentos com preço maior e com espaço luxuoso e confortável, tanto para férias como para negócios.

"O mercado imobiliário americano segue aquecido para brasileiros porque lá os preços e os juros estão baixos e há perspectivas de valorização enquanto que, no Brasil, os preços dos imóveis continuam em alta", afirma.

Perfil

Seguindo o levantamento, a maioria dos imóveis adquiridos pelos brasileiros (63%) está dividido entre studios de até 40 metros quadrados e moradias entre 110 e 140 metros quadrados, com dois ou três quartos. Os principais compradores dos studios são jovens que vão à cidade a trabalho e que procuram uma propriedade com liquidez e praticidade. Já os de maior metragem, são a prferência dos compradores mais maduros que buscam conforto e longevidade na aquisição.

Quanto ao motivo da aquisição, a maioria faz a para investimento pela valorização em dólar e por não existir mais áreas onde crescer em Manhattan. No entanto, planeja utilizar o apartamento entre dois e três meses do ano, deixando o mesmo n o restante do ano para locação por empresas ou sites especializados.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar