Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Caderneta de poupança perde o risco de render menos de 0,5%

Caderneta de poupança perde o risco de render menos de 0,5%

Compartilhe

O Conselho Monet?rio Nacional (CMN) alterou a forma de c?lculo da Taxa Referencial (TR), utilizada na corre??o da caderneta de poupan?a, para que ela n?o fique negativa, o que impedir? que o rendimento mensal da poupan?a fique, eventualmente, abaixo de 0,5% por m?s, informou nesta quinta-feira (31) o diretor de Normas do Banco Central, Alexandre Tombini. A medida entrou em vigor a partir desta quinta.

Segundo ele, havia o risco de a TR ficar negativa no in?cio de meses com poucos dias ?teis, como ? o caso de fevereiro. Com essa altera??o, disse Tombini, n?o h? mais possibilidade de isso acontecer.

A TR ? calculada com base na TBF (Taxa B?sica Financeira), que ? uma m?dia das taxas dos CDBs (Certificados de Dep?sitos Banc?rios) das 30 institui?es com maior volume de capta??o desses pap?is.

O rendimento da caderneta de poupan?a ainda tem ficado pr?ximo ao dos fundos de renda fixa oferecidos pelos bancos, uma vez que, na poupan?a, n?o h? cobran?a de Imposto de Renda (IR) e nem de taxa de administra??o.

Por conta disso, e pela facilidade de aplica??o e retirada dos recursos, esta modalidade vem arrebanhando cada vez mais investidores. Em 2007, por exemplo, a poupan?a captou R$ 33 bilh?es, o que tamb?m elevou o volume de recursos disponibilizados para financiamentos habitacionais.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar