Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Crise nos EUA faz Bolsas perderem US$ 2 Trilhões

Mesmo assim, ninguém arrisca dizer que o mercado chegou ao fundo do poço

Crise nos EUA faz Bolsas perderem US$ 2 Trilhões
Crise nos EUA faz Bolsas perderem US$ 2 Trilhões | Divulgação
Compartilhe

O nervosismo dos investidores com a crise norte-americana j? provocou queda de US$ 2 trilh?es nas bolsas de valores dos Estados Unidos e da Am?rica Latina neste ano. Mesmo assim, ningu?m arrisca dizer que o mercado chegou ao fundo do po?o.

Pelo contr?rio. As perdas poder?o facilmente ser elevadas caso novas institui?es, a exemplo do que ocorreu com o Bear Stearns, na semana passada, entrem em colapso e ponham em risco todo o sistema banc?rio americano.

At? agora, calcula-se que a baixa cont?bil dos bancos por causa do mercado de hipotecas de alto risco (subprime) tenha atingido US$ 200 bilh?es. O problema ? que n?o se sabe o tamanho da exposi??o das institui?es financeiras, j? que o mercado de ativos lastreados em hipotecas pode chegar a US$ 6 trilh?es, afirmam analistas.

Com a deteriora??o do Bear Stearns, a imprevisibilidade de um desfecho da crise financeira americana aumentou ainda mais. O cen?rio obscuro tem alimentado a fren?tica movimenta??o dos investidores, que pulam de aplica??o em aplica??o para tentar encontrar um porto seguro, que lhes garantam preju?zos menores.

? esse comportamento que tem norteado os neg?cios nos ?ltimos meses, especialmente na semana passada, o que provocou um efeito gangorra nas bolsas, com um intenso sobe-e-desce dos ?ndices acion?rios.

Segundo dados da empresa de informa??o financeira Econom?tica, em 31 de dezembro do ano passado, o valor das empresas negociadas nas bolsas dos Estados Unidos e da Am?rica Latina estava em US$ 18,12 trilh?es.

Na quarta-feira, durante a histeria dos mercado por causa da queda no pre?o das commodities, o pre?o havia ca?do para US$ 16,09 trilh?es. Por ser maior e deter um n?mero grande de companhias, a Bolsa de Nova York foi a que apresentou perda mais expressiva no valor de mercado: US$ 1,95 trilh?o.

Em seguida, aparece o Brasil, com recuo de US$ 91,31 bilh?es; M?xico, US$ 2,81 bilh?es; e Argentina, US$ 1,26 bilh?o. Chile, Peru e Col?mbia conseguiram elevar o valor de mercado das empresas negociadas na bolsa, apesar da crise. As informa?es s?o do jornal "O Estado de S. Paulo"


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar