mais

Greve nos Correios atinge 19 Estados e DF

Os servidores reivindicam um adicional de periculosidade equivalente a 30% do salário por mês

Funcion?rios da ECT (Empresa de Correios e Tel?grafos) de 19 Estados e do Distrito Federal entraram em greve nesta ter?a-feira por tempo indeterminado. Os Correios informaram que a diretoria da empresa est? reunida com o ministro das Comunica?es, H?lio Costa, e com autoridades do governo para tentar resolver o impasse. A inten??o ? solucionar o caso at? quarta-feira.

Segundo a Fentect (Federa??o Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Tel?grafos e Similares), 22 sindicatos aderiram ? paralisa??o. Os servidores reivindicam um adicional de periculosidade equivalente a 30% do sal?rio por m?s, aumento no percentual da PLR (Participa??o nos Lucros e Resultados), mais contrata?es, a implementa??o de um plano de carreira e a retomada do antigo plano de pens?o, Postalis, que est? sendo substitu?do pelo Postalprev.

De acordo com a assessoria de imprensa dos Correios, o b?nus de 30% exigido pelos servidores foi pago por tr?s meses, ap?s acordo fechado em novembro, mas foi suspenso porque era de car?ter emergencial. Para que o abono volte a ser incorporado ao sal?rio dos carteiros ? preciso que o governo autorize. Os Correios informaram ainda que a legisla??o n?o permite que eles recebam adicional por periculosidade segundo a CLT (Consolida??o das Leis do Trabalho), s? tem direito a esse adicional quem tem contato permanente com inflam?veis ou explosivos.

Segundo Jos? Gon?alves, um dos representantes da Fentect no comando de greve, entre 80% e 90% dos carteiros grupo em que est? a maior parte dos grevistas est?o de bra?os cruzados. Os Correios devem divulgar um balan?o da greve no fim da tarde desta ter?a-feira.

Gon?alves informou que j? aderiram ? paralisa??o Alagoas, Bahia, Pernambuco, Para?ba, Rio Grande do Sul, Goi?s, Tocantins, Cear?, Rond?nia, Acre, Piau?, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Paran?, Par?, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Sergipe, Minas Gerais e S?o Paulo (incluindo a capital, Campinas, Ribeir?o Preto e S?o Jos? do Rio Preto, que t?m sindicatos separados).

De acordo com o secret?rio-geral da federa??o, Manoel Cantoara, "o n?vel de insatisfa??o com rela??o ao n?o-cumprimento de acordo feito com o Minist?rio das Comunica?es sobre um adicional de periculosidade deixou muita gente indignada".

"Queremos reuni?o com o ministro [H?lio Costa], com o presidente Lula. Eles prometeram e deixaram de cumprir", afirmou Gon?alves ? Folha Online. Ele participa de passeata da categoria em Bras?lia na manh? desta ter?a.

Durante o per?odo de greve, as ag?ncias dos Correios funcionam normalmente, mas n?o h? garantia de entrega das correspond?ncias. Assim, os servi?os que garantem a entrega em prazo pr?-estipulado Sedex 10 e Sedex Hoje, por exemplo, al?m do Disque Coleta n?o funcionam. Em S?o Paulo, os Correios t?m 22 mil funcion?rios.

2007

No ano passado, os Correios ficaram em greve por nove dias. Os empregados da estatal decidiram voltar ao trabalho ap?s receber reajuste de 3,74% (ante reivindica??o inicial de 47,77%), abono de R$ 500, aumento linear de R$ 60 em janeiro, vale-alimenta??o extra de R$ 391 em dezembro, inclus?o dos pais de novos funcion?rios no plano de sa?de e aux?lio-creche para at? 7 anos de idade, al?m da n?o-reposi??o dos dias de paralisa??o.

Tópicos

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail