Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Mais de 10 milhões poderão sacar até R$ 998 do FGTS; veja como fica

Pagamento só será feito a quem tinha até esse valor em cada conta ativa ou inativa do fundo em 24 de julho.

Compartilhe
Google Whatsapp

Mais de 10 milhões de trabalhadores poderão sacar a "parcela extra" de R$ 498 do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), totalizando mais de R$ 2,6 bilhões em pagamentos, informou a Caixa nesta sexta-feira (13). Tem direito a retirar o recurso quem tinha até R$ 998 em cada conta do fundo (ativa ou inativa) em 24 de julho deste ano. Para as contas com saldo superior a esse valor naquela data, o saque continua limitado a R$ 500.

"Se o saldo da conta no dia 24 era de até R$ 998, você saca a diferença. Se era superior, fica limitado aos R$ 500", disse Paulo Angelo, vice-presidente de fundos de governo da Caixa, em transmissão ao vivo em uma rede social nesta sexta-feira.

Os saques poderão ser feitos a partir do dia 20 de dezembro e vão até 31 março do ano que vem.

O limite para a retirada dos recursos do fundo, inicialmente, era de R$ 500 por conta. Mas ao analisar a MP que autorizou os saques, o Congresso Nacional alterou o valor para até R$ 998. A lei foi sancionada por Bolsonaro nesta quinta-feira (12).

Veja perguntas e respostas sobre o saque:

1º Como fica o saque para quem ainda não retirou os R$ 500?

Quem ainda não sacou os R$ 500 e se enquadra na regra poderá sacar a integralidade dos R$ 998 também a partir de 20 de dezembro.

O trabalhador que tiver direito ao saque extra, mas fizer o saque até 19 de dezembro, só poderá sacar os R$ 500, e terá que voltar à Caixa a partir de 20 de dezembro para sacar o restante.

A retirada dos recursos seguiu um calendário de acordo com a data de aniversário do trabalhador. Ainda não foram liberados os saques para os nascidos em novembro e dezembro.

2º Como vai funcionar para o correntista da Caixa?

Os correntistas da Caixa que já receberam os R$ 500 via crédito em conta e têm direito aos R$ 498 restantes também terão o pagamento creditado automaticamente.

3º A regra vale para mais de uma conta?

O pagamento é feito por conta. Isso quer dizer que o trabalhador que tinha mais de uma conta com até R$ 998 em 24 de julho poderá sacar a parcela complementar aos R$ 500 em todas elas.

"A regra olha para a conta. Se em cada uma a pessoa tinha R$ 800, como era superior (aos R$ 500 do saque inicial e inferior a R$ 998), ela poderá sacar R$ 300 complementar de cada uma, totalizando R$ 600, a partir do dia 20 de dezembro", explicou Angelo.

4º Como fica a opção pelo saque-aniversário?

O saque imediato de até R$ 998 não tem relação com o saque-aniversário, que só começa a ser pago em abril de 2020.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar