Milionária perde tudo e vira faxineira .

Milionária perde tudo com fraudes de Madoff e é obrigada a fazer faxina

Milionária ficou sem dinheiro para as contas

Quando a americana Maureen Ebel, de 60 anos, atendeu uma ligação de seu tio, às 22h45 do dia 11 de dezembro, pensou que alguém da família havia morrido. Na verdade, era outro tipo de desgraça que acabara de ocorrer. De milionária , ela se veria em poucos dias fazendo faxina para uma mulher de 93 anos.

O mega investidor Bernie Maddof estava sendo acusado de uma das maiores fraudes financeiras da história. Ela tinha nada menos do que US$ 7,3 milhões investidos em seus fundos.

Depois da confissão de Madoff, Ebel se deu conta de que todas suas economias haviam evaporado. Os invernos passados longe do frio, na Flórida, fariam parte do passado. O impacto em suas finanças foi brutal. A enfermeira aposentada recebia US$ 400 mil por ano como rendimento do dinheiro investido nos fundos.

Em menos de uma semana depois da prisão de Madoff, Ebel conseguiu um emprego como dama de companhia de uma senhora de 93 anos, mãe de uma amiga, para cuidar dela e fazer a faxina da casa.

?É o meu destino?, disse ela ao jornal Philadelphia Inquirer. ?Eu fui casada, tive um casamento fabuloso com um homem que amei e admirei. Nós viajamos. Nós tivemos uma ótima vida. Agora ele está morto. Ele morreu, e cada centavo que eu tinha neste mundo está perdido?. O marido de Ebel faleceu aos 53 anos, em 2000.

A enfermeira aposentada também decidiu vender seus bens para levantar algum dinheiro. Ela já conseguiu arrematar US$ 1,1 mil com suas jóias, US$ 1,5 mil com um quadro e outros US$ 400 com uma mesa de ping pong. A ex-milionária também devolveu alguns itens comprados com seu cartão de crédito, como um par de brincos de US$ 1,2 mil.

Seu próximo passo é vender sua casa de veraneio com dois dormitórios, próxima à Palm Beach, na Flórida, e seu off road Lexus.

O tio de Ebel, Leonard, de 80 anos, foi quem a apresentou aos fundos de Madoff, depois de seu marido morrer. ?Naquela época, ele tinha investimentos com Madoff há 25 anos. Agora, depois de 30 anos, ele quebrou?.

Depois de tudo isso, Ebel conta se sentir um alien quando visita a Flórida. ?Todo mundo está montando em seus cavalos e jogando tênis, golf. Se vir algumas moedas na rua, pode ter certeza de que vou pegá-las?.

Fonte: AE/G1
logomarca do portal meionorte..com