Pesquisa aponta que 38% dos brasileiros vão quitar dívidas com FGTS

O dinheiro será usado para quitar débitos anteriores e atuais

Os trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro e que têm direito ao saque das contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) terão acesso ao benefício a partir desta sexta-feira (10). Segundo o governo federal, estima-se que mais de R$ 30 bilhões sejam injetados na economia, mas pesquisa apontou que nem todo o dinheiro será revertido para o consumo.


Segundo estudo realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) dos que têm direito ao saque do FGTS retido, 38% vão usar o valor para o pagamento de dívidas, sendo que a maior porcentagem, ou seja, 44% são trabalhadores das classes C, D e E. Outros 34% afirmaram que vão usar o dinheiro para pagar as contas do dia a dia e 20% afirmaram que o valor será investido pensando no futuro.

Na opinião do presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior, o dinheiro beneficiará as classes sociais menos providas de recursos. “A maioria das pessoas não possui um valor tão alto nas contas, mas que é bastante significativo para auxiliar nas necessidades mais urgentes. Esse dinheiro pode ajudar o cidadão afetado pela crise a limpar o nome e recuperar seu crédito”, afirmou em nota.

Junior enfatizou ainda que isso pode ajudar a diminuir o número de consumidores que estão inadimplentes atualmente. “Reduzir a inadimplência traz um impacto positivo sobre a economia, o que resulta em menores taxas de juros cobradas ao consumidor”.

Mesmo com pouco recurso destinado ao consumo, conforme identificou à pesquisa, o presidente da CNDL, Honório Pinheiro, estima que o valor a ser movimentado seja benéfico ao varejo. “A liberação dos saques injetará um significativo volume de recursos na economia ao longo dos próximos meses, o que pode adiantar a retomada do consumo agregado no varejo”.

Calendário

A partir de abril os nascidos em março podem sacar o valor parado no FGTS. Quem faz aniversário nos meses de junho, julho e agosto sacam em 12 de maio; os nascidos em setembro, outubro e novembro podem retirar o dinheiro em 16 de junho e os nascidos em dezembro, sacam o dinheiro retido em 14 de julho. Mesmo que o trabalhador perca o prazo, ele tem direito ao saque até o dia 31 de julho.


Fonte: iG
logomarca do portal meionorte..com