O Piauí vai participar da 1ª Feira Nordestina da Agricultura Familiar e Economia Solidária (FENAFES), que será realizada no período 15 a 19 de junho, em Natal, no Rio Grande do Norte, com o tema A Grande Festa da Colheita.  

Para o evento, o Piauí levará uma delegação com mais de 100 agricultures familiares. O evento é realizado em uma parceria entre o Consórcio Nordeste, a Câmara Temática da Agricultura Familiar e a União das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária do Brasil (Unicafes).

 De acordo com o coordenador da comitiva, Jairo Lopes Antunes, o Piauí levará para a feira uma variedade de produtos da agricultura familiar, entre eles o mel, caju, castanhas, doces, artesanato, alho, azeite, geleias, mesocarpo, entre outros. 

Além da Secretaria de Aricultura Familiar (SAF), também estarão presentes na feira nordestina, a Secretaria de Estado do Planejamento (Seplan), Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Piauí (Emater), Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Piauí (ADAPI) e a Agência de Fomento e Desenvolvimento do Estado do Piauí (PIAUÍ FOMENTO). 

A delegação piauiense é composta de gestores, agricultores familiares e representantes instituições, associações e cooperativas.  A 1ª Edição da Feira Nordestina de Agricultura Familiar e Economia Solidária tem como objetivo fortalecer iniciativas que busquem promover, divulgar e comercializar os produtos advindos da produção familiar.

Vitrine da produção familiar

Organizado pelo Consórcio Nordeste, por meio da Câmara Temática da Agricultura Familiar, a I FENAFES, que será uma grande vitrine da diversificada produção da agricultura familiar e economia solidária dos nove Estados do Nordeste brasileiro.

Feira reúne produtos da agricultura familiar (Divulgação)Feira reúne produtos da agricultura familiar (Divulgação)

Além de toda riqueza alimentar, I FENAFES irá dispor de um espaço privilegiado para exposição e venda dos melhores produtos alimentares e artesanais do Nordeste brasileiro; realização de negócios e divulgação da excelência e qualidade dos produtos da agricultura familiar e economia solidária nordestina; intercâmbio de conhecimento popular e acadêmico, atividades culturais e a Cozinha Sabores da Terra.

Os estados do Rio Grande do Norte, Piauí e Paraíba realizaram eventos de lançamento para a Feira, que contou com a presença de governadores, prefeitos, secretários, movimentos populares e profissionais da imprensa.