Elize Matsunaga escreve carta para filha que não vê desde o crime

Ela iserá levada a júri popular nesta segunda-feira (28)

Elize Matsunaga resolveu escrever uma carta para sua filha antes de ser levada a júri popular nesta segunda-feira (28). Ela est;a impedida pela Justiça de São Paulo de ter qualquer tipo de contato com sua filha desde junho de 2012, quando foi presa por confessar ter matado e esquartejado o seu marido. 

A carta foi escrita, de próprio punho, por Eliza em 8 de março deste ano no presídio de Trremembé.  Ela escreveu numa folha de cardeno rosas que tem como personagem a boneca Jolie e disse que se pudesse olhar para a filha gostaria de dizer "te amo" e queria ouvir dela a palavra "mãe".

Elize Matsunaga
Elize Matsunaga

O manuscrito tem o carimbo da unidade prisional atestando que ele foi lido por funcionários da penitenciária e, teve autorização para sair de lá. A intenção de Elize com a divulgação da carta pela reportagem é de que sua filha possa saber, no futuro, o que a mãe pensava e gostaria de dizer à menina antes de ser julgada pelo assassinato do pai dela, o empresário Marcos Kitano Matsunaga. A menina tinha 1 ano na época do crime. Hoje, está com 5 anos e vive com os avós paternos. 

Mesmo não estando ao seu lado agora filha, quero que saiba que você tem uma mãe que te ama muito, não só no plano físico, e que respeitará suas escolhas e um dia, se você quiser, conversaremos sobre tudo o que houve, a situação lamentável e infelizmente irrevercível [sic] que nos afastou fisicamente, apenas fisicamente, pois meu coração está contigo, com a criança que me ensinou verdadeiramente o que é amor”, escreveu Elize em um dos trechos.


Carta de Eliza para a filha:



Fonte: G1