Em 50 edições, mutirão recolhe 4.850 toneladas de lixo em Teresina

A ação ocorre todos os sábados em diversos bairros da capital

Em sua 50ª edição a Faxina nos Bairros alcança a marca de 4.850 toneladas de lixo recolhidas em toda a cidade. A operação, realizada desde 2015, visa recolher o lixo com potencial de se tornar criadouro do Aedes aegypti, mosquito transmissor da zika, dengue e chikungunya.

A atividade ocorre todos os sábados, em bairros de diversas zonas da cidade. A última edição recolheu 55,04 toneladas de lixo no bairro Marquês (zona Norte) e 50,57 toneladas no Parque Ideal, na zona Sudeste da capital. O total é de 105,6 toneladas na capital.

Realizada pela Fundação Municipal de Saúde (FMS) em parceria com as Superintendências de Desenvolvimento Urbanos (SDUS), a faxina tem os objetivos de sensibilizar a população para criar o hábito semanal de vistoria do seu imóvel e proporcionar à população a retirada de utensílios inservíveis, principalmente aqueles que a coleta de lixo diária não retira.

As equipe de educação em saúde e limpeza da Prefeitura estarão nos locais citados orientando ainda mais as pessoas de como manter os ambientes longe de focos do Aedes aegypti. Simultaneamente, caminhões de limpeza recolherão os entulhos que podem acumular água e farão a capina das ruas. “Aquelas pessoas que não têm condição de pagar carros para levar esses tipos de materiais que não são recolhidos durante a coleta de lixo rotineira terão a oportunidade de colocar na calçada”, enfatiza Oriana Bezerra, gerente de Zoonoses de Teresina.

A dengue tem por principais sintomas a febre alta e de início imediato, dores moderadas e quase sempre presentes nas articulações, manchas na pele com coceira leve e sem vermelhidão nos olhos. Já a chikungunya se caracteriza por febre alta e de início imediato quase sempre presente, dores intensas e presentes em 90% dos casos e as manchas vermelhas podem aparecer nas primeiras 48 horas, com coceira leve em 50 a 80% dos casos.

No caso do Zika vírus, pode haver febre baixa, a pessoa pode sentir dores leves, as manchas vermelhas na pele se manifestam nas primeiras 24h e a vermelhidão nos olhos e coceira - com intensidade tanto leve como alta - podem estar presentes. “É importante que as pessoas procurem o serviço de saúde imediatamente ao perceberem qualquer um dos sintomas”, afirma a diretora de Vigilância em Saúde da FMS, Amariles Borba.

 

Fonte: Portal MN
logomarca do portal meionorte..com